Recentemente, um vídeo envolvendo um gorila e um garoto de quatro anos repercutiu em todo o mundo. Depois de dar um jeitinho, o menino entrou no cativeiro do gorila. O animal, que não raciocina, brincou com o garoto, puxando ele para vários lados do local. Com quase 200 quilos, o gorila precisou ser morto pelos agentes de um zoológico americano. Os funcionários do local explicaram que não havia outra solução e que a criança poderia ser morta, caso algo não fosse feito o mais rápido possível. Mais à frente, voltaremos a falar deste caso.

Agora é a vez de um vídeo de um leão tentando atacar um garotinho no zoológico de Chiba, na China, repercutir em todo o mundo.

Publicidade
Publicidade

As imagens são tão fortes que fazem qualquer mãe passar mal. As imagens são rápidas, duram menos de dez segundos, suficientes, no entanto, para quase fazer todo mundo cair para trás. O rei da selva parece muito tranquilo, ficando longe dos turistas. O animal descansa perto de uma rocha, demonstrando não estar muito interessado em dar um ou outro "rugido". 

O menininho, muito feliz por visitar os animais, usa uma espécie de japona amarela. Ele se vira, provavelmente para os pais. Justamento no momento em que o garotinho se vira, o leão decide abocanhar sua presa. O rei da selva aumenta a velocidade e sai em disparada. No entanto, ele se dá mal e é surpreendido. Para a nossa sorte e também a do garotinho, ele dá de cara no vidro. O animal não teria ficado ferido com a batida, mas parecia bem confuso.

Publicidade

Já o garotinho, é claro, levou um tremendo susto, que com certeza será sempre lembrado por conta do vídeo. De acordo com o site  do jornal britânico Mail Online, o zoológico disse que o leão pesa mais de 180 quilos.Talvez o bichinho apenas estivesse com um pouco de fome. Curiosamente, o vidro especial de proteção foi colocado na "ex-jaula" em abril. Os funcionários do "zoo" disseram ao 'Mail Online' que a fera adora crianças. 

Em tempo: os pais do merino que invadiu o cativeiro do gorila, lembrado no começo da matéria, podem ser processados por conta do descaso que acabou gerando a morte do animal. 

Veja vídeo com momento do ataque:

#É Manchete!