Matisse tem apenas dez anos, mas um coração enorme. Seu gesto logo após a final da Eurocopa está emocionando o mundo e o vídeo já está viralizando na Internet. O menino que nasceu na França, mas é filho de mãe portuguesa, estava vestindo a camisa da seleção de Portugal quando foi consolar um torcedor francês que estava desolado com a derrota da sua equipe. A grandeza da atitude do pequeno Matisse derreteu o coração de todo o mundo e uma televisão portuguesa foi conhecer um pouco melhor este menino que torce por Portugal, mesmo sem saber falar a língua de Camões. 

Nascido na França, mas filho de emigrantes portugueses, como muitos outros nesse país, Matisse não nega suas origens.

Publicidade
Publicidade

O menino fala apenas em francês, mas em declarações para o Correio da Manhã, o garotinho contou por quê prefere Portugal à França. O menino, que é filho de pai francês e mãe portuguesa, preferiu torcer pela seleção de Cristiano Ronaldo. Tudo por quê a equipe nunca tinha ganhado nenhum título importante e o menino se emocionou com suas vitórias anteriores. Na final, preferiu torcer pela equipe menos favorita e se deu bem, uma vez que Portugal saiu ganhador da Eurocopa, com um fantástico gol de Éder, já na prorrogação. 

Criança portuguesa consola torcedor rival

O jogo já tinha terminado quando nas ruas de Paris, as câmeras captaram um homem chorando emocionadamente a derrota da França, quando um pequeno torcedor de Portugal o foi abraçar. Mas, afinal, o que disse Matisse para esse francês? Foi isso que o Correio da Manhã foi descobrir.

Publicidade

E não poderia ter sido nada mais adulto do que algumas palavras de consolo: "É só um jogo, mas eu sei como você está se sentindo", disse Matisse para o torcedor francês, que acabava de perder a final da Eurocopa.

Depois dessas palavras, o francês reagiu com desportivismo e ficou abraçando o menino português, que continuou sua tentativa de reconfortar o torcedor rival. Para isso, Matisse explicou para o francês que a França tinha jogado melhor, mas que o goleiro Rui Patrício não permitiu que eles marcassem, mesmo sendo melhores e tendo atacado mais. Para o menino, a França também seria um justo vencedor, mas a vitória caiu bem para Portugal, que nunca tinha ganhado nada antes. 

Valores da criança são orgulho da mãe

Se Matisse está deixando o mundo orgulhoso, se imagina o que vai no coração da mãe, Aline. Filha de portugueses, mas já nascida na França, a jovem se emocionou com a fama que o filho acabou ganhando. "Meus pais amavam muito Portugal e me passaram esse amor", contou Aline para o Correio da Manhã, ficando feliz por ter conseguido passar esse amor para o seu filho, apesar de ele nem sabe falar português. "Estou tão feliz e orgulhosa por ter um filho que mostrou para o mundo um gesto assim de amor e respeito. Eu falei para ele que o que ele fez foi maravilhoso", contou a orgulhosa Aline.  #Futebol #Europa #Viral