A família do ex-piloto mantêm-se firme em não dar qualquer tipo de informação sobre o estado de #Saúde de Michael Schumacher. Segundo a assessora Sabine Kehm, ainda não é possível fazer nenhum tipo de comentário sobre o real estado de saúde de Schumacher. O maior piloto da Alemanha sofreu um gravíssimo acidente numa estação de esqui nos Alpes franceses e há dois anos vem lutando bravamente por sua vida. Sabine pede a compreensão dos fãs e diz que a família deseja manter total privacidade, mas adianta que a "situação é difícil".

Michael Schumacher sofreu um #Acidente na manhã do dia 29 de dezembro de 2013 enquanto esquiava ao lado filho, na estação de Méribel em Saboia nos Alpes Franceses, sofrendo graves lesões na cabeça.

Publicidade
Publicidade

Contudo a família e até sua assessoria vem recebendo críticas pelo silêncio sobre a saúde do ex-piloto, eles reclamam que Michael é uma figura pública e os fãs desejam ficar informados. Sabine alega que tudo é para protegê-lo da imprensa e de possíveis rumores falsos.

Sempre que aparece em algum evento ligado ao automobilismo a assessora é questionada à respeito de como está de fato, a saúde do lendário ex-piloto alemão, visto que todos se preocupam, mas ela se mantêm firme e recusa-se a falar sobre o assunto. "Todos nós sabemos que eu não posso comentar", declarou. De acordo com a revista italiana 'Autosprint', Sabine ameaça processar qualquer pessoa que passe informações sobre o estado de Michael.

Mesmo com toda resistência da família e da assessoria, alguns amigos muito próximos do ex-piloto dão algumas pistas da situação crítica que ele está vivendo.

Publicidade

Willi Webber, amigo de muitos anos de Schumacher reclamou que está "sofrendo como um cão" pela falta de informação. Lucca di Montezemolo também já disse que as novidades são péssimas, ele é um dos poucos que consegue ter acesso a informações.

O site 'News Everiday' fez uma divulgação no mês de abril, que apenas um milagre poderia salvar Michael e segundo um neurocirurgião que integra a equipe de #Tratamento disse, "não há milagre no horizonte".