A polícia de Daca, capital de Bangladesh, trocou tiros com um grupo de homens que fez dezenas de reféns em um restaurante local. O grupo atirou granadas contra os policiais, de acordo com as redes de TV CNN e MSNBC. A imprensa local acredita que 40 pessoas são reféns do grupo. Ainda não se sabe a motivação do ataque, mas o #Estado Islâmico já assumiu a autoria da ação. Além de armamento pesado, os sequestradores possuem ainda explosivos. O ataque começou por volta das 13h pelo horário de Brasília (22h no horário local) desta sexta-feira (1º). A MSNBC divulga que o grupo de sequestradores é formado por "oito ou nove homens".

Veja como os eventos se sucederam durante a cobertura ao vivo do Blasting News:

Ao vivo:

22h18 - Em cerca de 40 minutos o sequestro em Daca completará 12 horas.

Publicidade
Publicidade

A situação no momento é de impasse. A polícia não invadiu o local do sequestro. O Estado Islâmico postou em seus canais de comunicação fotos do interior do restaurante. É possível ver três corpos deitados em uma grande poça de sangue. 

O Blasting News encerra aqui a cobertura ao vivo de hoje. Mais informações serão publicadas a qualquer momento, caso ocorram novidades, no endereço br.blastingnews.com/mundo.

20h10 - Estados Unidos dizem que, provavelmente, a Al Qaeda está por trás do ataque em Bangladesh.

19h14 - Situação em Daca continua a mesma, sem alterações.

17h55 - Estado Islâmico diz que seus militantes mataram 24 pessoas e feriram outras 40 no ataque de hoje em Bangladesh. Informação não confirmada.

17h29 - Polícia afirma que 40 pessoas são reféns dos terroristas.

17h28 - Sobre para quatro o número de policiais mortos no ataque à Daca, capital de Bangladesh. 

17h15 - Estado Islâmico diz que seus militantes mataram 20 estrangeiros no ataque de hoje em Bangladesh. Informação não confirmada.

Publicidade

16h50 - Confirmado: Estado Islâmico assume autoria do ataque terrorista à Bangladesh.

16h48 - Sobe para dois o número de policiais mortos, de acordo com a imprensa local.

16h45 - Estado Islâmico assume a autoria do atentado, de acordo com a empresa de inteligência SITE Intel Group.

15h57 - Polícia está em negociação com os atiradores.

15h52 - Foto do restaurante invadido, antes do ataque:

15h48 - Ao menos 1 morto e 35 feridos durante o ataque dos sequestradores ao restaurante em Daca.

15h44 - Agressores gritaram "Deus é grande" em árabe quando invadiram o restaurante.

15h34 - Emissoras de TV interrompem a transmissão ao vivo do sequestro, em meio a rumores de que a polícia se prepara para invadir o local. A interrupção aconteceu para evitar que os sequestradores saibam a movimentação da tropa com antecedência. 

15h29 - Um policial foi morto durante a troca de tiros.

Publicidade

15h28 - Polícia se prepara para invadir local do sequestro. 

15h26 - Vários reféns são estrangeiros. O restaurante é muito visitado por turistas e imigrantes.

15h20 - O ataque acontece em um momento em que o país enfrenta uma onda de violência religiosa. De acordo com o Estadão, um sacerdote hindu foi assassinado a facadas mais cedo,  na província de Khulna, no sul de Bangladesh, no quarto ataque contra esta minoria religiosa em menos de um mês.

15h01 - De acordo com o jornal Estadão, ao menos cinco pessoas, incluindo três policiais, ficaram feridos na troca de tiros. 

15h - A embaixada americana em Bangladesh pede para que os cidadãos americanos no país não saiam às ruas. #Terrorismo #AoVivo