A BFM TV, emissora de notícias da França, revelou uma importante informação neste domingo, dia 17. Segundo o canal, Mohamed Bouhlel enviou na quinta-feira um torpedo pedindo "mais armas" a um homem já detido pela polícia. A mensagem teria sido enviada horas antes do assassino franco-tunisiano investir o seu caminhão contra uma multidão em Nice e matar 84 pessoas.

Na avenida Passeio dos Ingleses, em Nice, sul da França, inúmeras pessoas se juntaram para acompanhar as comemorações do Dia da Bastilha, uma data histórica para os franceses. Bouhlel aproveitou a ocasião para dirigir em alta velocidade o seu caminhão e matar o maior número de pessoas possíveis.

Publicidade
Publicidade

As autoridades tiveram acesso ao telefone de Bouhlel no interior da cabine do caminhão. O criminoso foi abatido pela polícia em uma troca de tiros depois de que ele percorreu aproximadamente 2km pela avenida. Outras mensagens vistas no aparelho indicavam uma espécie de "esconderijo" no centro da cidade, mas nada foi encontrado pelas autoridades.

Os policiais prenderam sete pessoas do círculo próximo de Bouhlel, entre eles uma ex-mulher sua, que já foi posta em liberdade. Após o recente atentado, o presidente francês François Hollande aumentou o decreto de emergência por mais três meses em todo o país. #Terrorismo #AtentadoNice #PrayForNice