Bono Vox, vocalista do U2, também estava no atentado em Nice, na França. O cantor estava jantando em um restaurante no exato momento em que um terrorista utilizou um caminhão para matar dezenas de pessoas que caminhavam pela Promenades des Anglais. Quem estava dentro do restaurante La Petite Maison não foi ferido, mas o susto foi muito grande.

O restaurante em que Bono estava fica sob o comando do famoso chef Alain Ducasse e está localizado na rua Saint-François De-Paule, que é uma rua paralela à Promenade des Anglais. Vale lembrar que em novembro de 2015 o U2 estava com um show marcado para ser realizado em Paris, entretanto, aconteceu o atentado que chegou a matar 130 pessoas, e assim a banda cancelou o evento que aconteceria nos dias 14 e 15 daquele mês, sendo que o atentado causado pelo Estado Islâmico foi no dia 13, uma sexta-feira.

Publicidade
Publicidade

Juntamente com Bono Vox estava Christian Estrosi, presidente da câmara de Nice, e o ex-prefeito da cidade. Eles precisaram ficar refugiados no local, com outras pessoas, até que a polícia chegasse para resgatá-los, cerca uma hora após o caminhão passar pela avenida atropelando a todos que estavam pela frente.

Quando a polícia ordenou que todos deixassem o restaurante, as pessoas tiveram que colocar as mãos na cabeça e saírem devagar, inclusive o vocalista do U2. Isso se fez necessário porque os policiais não sabiam se haviam outros terroristas na região. Bono foi escoltado por alguns policiais até a praça Massena.

Anne-Laure, que também estava no mesmo restaurante que Bono, disse que de lá não era possível ouvir os tiros, mas era grande a movimentação do lado de fora e as pessoas do estabelecimento foram recebendo as primeiras informações em seus celulares e ficaram em pânico.

Publicidade

Bono é dono de uma casa bem próximo à cidade francesa que sofreu o atentado, por isso foi a Nice, e, por coincidência, estava bem próximo ao local onde Mohamed Lahouaiej-Bouhlel usou de um enorme caminhão para executar seu plano cruel.

Ainda não há nenhuma confirmação de que o U2 pretenda realizar um show na França em homenagem às vítimas desse e também do #Ataque anterior. #Terrorismo #Ataque Terrorista