David Brittain, de 86 anos, e a esposa Bridget, de 84, poderiam ter combinado se suicidar juntos. Está correndo um inquérito, na #Justiça inglesa, para que sejam reveladas as verdadeiras causas da morte do casal de idosos. Aparentemente, o casal poderia ter feito um pacto de morte, para que ambos não perdessem a independência. O casal estaria temendo a entrada em um lar para idosos. 

Casados por 65 anos, David e Bridget não aceitaram que alguém tomasse conta de suas vidas. Senhores do seu nariz, poderiam ter sido eles mesmos a decidir como e quando morrer. Apesar de desolados com a morte dos pais, os filhos já se pronunciaram no tribunal, revelando que seu único consolo é saber que os pais continuam juntos.

Publicidade
Publicidade

Inseparáveis na vida, como na morte. 

Alegadamente, este casal de idosos teria entrado em um grupo de apoio para o suicídio, que se chama Exit. No grupo, não confirmam essa informação, mas revelam como é o seu funcionamento, dando apenas informação para as pessoas que pretendem por um ponto final em suas vidas.

O casal Brittain teria se juntado nesse grupo há cinco anos e até teria falado na possibilidade de cometer suicídio. No entanto, essa ideia não estaria sendo mais comentada durante os últimos meses. E poderia ter sido a ameaça de entrar para um lar de idosos que teria motivado esse casal a voltar ao assunto. 

David teria sofrido uma queda e Bridget estaria com dificuldades para apoiar o marido. Essa razão poderia ter sido a chave para o que aconteceria pouco depois. Foi uma empregada da #Família que encontrou o casal, já morto.

Publicidade

De acordo com a autópsia, Bridget teria morrido primeiro, mas pouco depois, morreria David, alegadamente também por suicídio. 

"Eles não queriam viver separados", contaram os filhos, durante o inquérito, revelando ainda que os pais eram "orgulhosos" e que por isso não queriam "terminar em um lar para idosos". Esse medo, bem como o estado de saúde que estava se degradando, teria precipitado esse desfecho comovente. 

Depois de 65 anos vivendo juntos, David e Bridget tiveram a última prova de amor juntos em um caso que está comovendo a Inglaterra. Sobre o grupo Exit, que está apoiando pessoas que pretendem terminar suas vidas, não existe muita clareza ainda. De acordo com sua descrição, eles apenas dão informações para a pessoa, idosa e sofrendo com doença, para que possa cometer suicídio. Para este grupo, as pessoas teriam o direito a decidir e a planejar seu final de vida da forma e quando desejarem. E assim teria acontecido com David e Bridget. 

O caso está levantando alguma polêmica e, por essa razão, está segue com inquérito aberto. Mas, e qual é a opinião do leitor? Concorda com esses grupos de apoio? Fez bem esse casal? Deixe seu comentário. #Europa