Nos últimos dias, foi divulgado pela ONG alemã Foodwatch que os chocolates Kinder e Kinder Maxi, da marca italiana Ferrero, contêm substâncias consideradas prejudiciais à #Saúde. E devido a isso, recomenda-se que os produtos saiam das prateleiras dos mercados e que os pais tenham cautela no consumo de seus filhos desses alimentos.

Foodwatch é uma ONG alemã fundada em 2002 por Thilo Bode – que foi diretor internacional do Greenpeace – que visa à proteção dos consumidores, garantindo-lhes que sejam servidos no mercado, alimentos que não sejam prejudiciais à saúde, que tenham qualidade e rótulos confiáveis.

Sobre o assunto, a ONG realizou um estudo com mais de 20 tipos de alimentos salgados e doces que identifica quantidades inaceitáveis e prejudiciais de hidrocarbonetos de óleos minerais.

Publicidade
Publicidade

Os chocolates Kinder apresentaram uma taxa de 1,2 mg/kg dessas substâncias.

Os hidrocarbonetos aromáticos derivados de óleos minerais estão presentes nas embalagens dos chocolates Kinder e acabam por contaminar o alimento. São considerados tóxicos, potencialmente cancerígenos e mutagênicos – pois podem modificar o DNA, material genético das células, que ao ser modificado, pode levar ao desenvolvimento do câncer.

A Ferrero, em resposta ao ocorrido, se negou a retirar os produtos de circulação, mas assegurou que já está trabalhando em soluções para diminuir e até mesmo erradicar a presença dos hidrocarbonetos aromáticos de seus produtos. E ainda afirmou que uma grande quantidade de alimentos de diferentes categorias é afetada pelas mesmas substâncias tóxicas e que devido a isso, “são necessários esforços conjuntos tanto da parte dos representantes da indústria agro alimentar, como dos agentes do comércio de matérias-primas na Europa e no exterior”, para acabar com o problema.

Publicidade

A direção da Ferrero, para tranquilizar seus consumidores sobre o assunto, informou em nota que o produto mais vendido da linha Kinder, o Kinder Ovo, não apresenta contra-indicação, seja na composição do produto ou na embalagem. E ainda, que nos seus demais chocolates não foram encontradas quaisquer irregularidades. #Viral