Diariamente lemos notícias ou ouvimos nos jornais fatos que nos assustam com o tamanho da brutalidade de seus atos. Há muito tempo vemos cenas de terror cometidas por pessoas que nem imaginamos como podem ser capazes de cometê-los.

Separamos aqui alguns crimes entre os mais marcantes por causa de suas brutalidades e que até hoje são lembrados. Veja abaixo:

1) Jack, o estripador: Jack, que nunca foi capturado, tornou-se um dos assassinos mais famosos da história. Em um subúrbio de Whitechapel, em Londres, no ano de 1888, ganhou o apelido de estripador ao constar que suas vítimas tinham partes de órgãos internos retirados por ele.

Publicidade
Publicidade

2) Charles Manson: em 9 e 10 de agosto de 1969, Charles liderou um grupo de quatro pessoas e invadiu a casa do cineasta Roman Polanski, matando brutalmente sua mulher que estava grávida, mais quatro amigos. Ele também invadiu outra casa, do casal Leno e Rosemary, esfaqueando, baleando e espancando suas vítimas. Ele foi preso e condenado à prisão perpétua.

3) Natascha Kampusch: o caso da menina que tinha apenas 10 anos de idade, em 1998, quando foi sequestrada, abalou o mundo. Ela ficou em cativeiro sob terríveis abusos por 8 anos até conseguir escapar. O sequestrador, Wolfgang Priklopil, se suicidou depois antes de ser capturado.

4) Columbine: dois estudantes, em 1999, abriram fogo no instituto Columbine, no Colorado, Estados Unidos. Eles mataram 12 colegas e um professor. Ambos cometeram suicídio em seguida. Seu objetivo eram muito piores, segundo relatos da polícia.

Publicidade

Eles estavam com explosivos que tinham sido plantados em automóveis. Se tivessem sido detonados, mais de 600 pessoas teriam morrido.

5) Canibal Alemão: Armin Weiwes Meiwes conheceu Bernd Juergen Brandes pela internet e o convenceu a deixá-lo cortar sua parte genital para comer. Segundo ele, Bernd teria concordado em ser morto e devorado. O fato aconteceu em 2001. Depois de gravar tudo em um vídeo, mostrando-o comendo, junto com o próprio Bernd, a parte genital, ele o matou e o cortou em várias partes, devorando tudo durante a semana. Ele foi preso e condenado à prisão perpetua.

6) Josef Fritzl: esse caso foi chocante e inacreditável. Chegou a virar um filme. O austríaco manteve durante 24 anos sua própria filha presa em um porão. Cometeu incesto e a fez engravidar 7 vezes. Todos eram mantidos trancados e o caso só foi descoberto em 2008, quando uma de suas filhas ficou muito doente, e teve que ser hospitalizada.  #Curiosidades #Crime #Casos de polícia