Escolhido como vice-candidato na chapa de Hillary Clinton à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Tim Kaine também discursou no terceiro dia de convenção dos democratas. Em sua fala, Kaine atacou duramente o adversário do Partido Republicano, Donald Trump.

Segundo o vice de Hillary, que confirmou aceitar fazer parte da chapa nesta quarta-feira (27), é necessário que os eleitores desconfiem do candidato republicano. Para Kaine, Trump promete muitas coisas sem efetivamente revelar o modo como pretende cumprir suas promessas, o que seria algo bastante desrespeitoso com os cidadãos norte-americanos. O democrata também ressaltou os fracassos empresariais do adversário e supostas atitudes fraudulentas, como no caso da Universidade Trump.

Publicidade
Publicidade

Fluente em espanhol, o vice democrata também usou o palco para se aproximar do eleitorado latino e reforçar junto a esse público que Hillary está pronta para assumir o cargo de presidente dos #EUA. Pouco antes disso, Kaine contrapôs o discurso de campanha dos democratas ao dos republicanos, lembrando que a visão política de sua chapa está mais voltada à inclusão, e recuperou uma fala da ex-primeira-dama republicana Barbara Bush, que afirmou ser impossível para uma mulher votar em Trump – em alusão aos comentários ofensivos do magnata. #Eleições EUA 2016