A Herbalife fez um acordo com a justiça americana para pagar o valor de US$ 200 milhões e ainda terá que montar uma nova estrutura, se quiser que seja finalizada a investigação que acusa a empresa e enganar seus consumidores. A acusação seria até mais grave, de que a Herbalife opera um esquema de pirâmide financeira, mas a empresa conseguiu evitar que isto acontecesse.

A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, recebendo os 200 milhões de dólares, mais a garantia de que a empresa terá uma nova postura, aceitou encerrar a investigação.

A Herbalife, que tem sua sede nas Ilhas Cayman, agora tem um grande desafio pela frente, tendo que criar um novo sistema de gratificação para seus parceiros, fazendo com que todas as vendas realizadas no varejo sejam remuneradas.

Publicidade
Publicidade

Agora não será mais possível, por exemplo, dar recompensas a distribuidores que recrutarem pessoas para revender os produtos da marca.

Desde 2014 que a Herbalife vem sendo investigada por "práticas enganosas" e após todos estes anos finalmente chegou-se à conclusão que a forma de comercializar seus produtos não é permitido, pois estaria enganando as pessoas. A Herbalife concordou em estudar um novo sistema de gratificação, entretanto promete não mudar a essência de seu negócio que é a venda direta.

Além deste acordo milionário, a empresa também vai ter que desembolsar US$ 3 milhões por causa de uma investigação que vem sendo feita em Illinois. A intenção é finalizar também esta, para que a empresa possa seguir seu caminho.

O problema todo é que a Herbalife trabalha com um modelo de negócio onde são recompensados aqueles participantes que conseguirem atrair o maior número de novos membros para venderem os produtos da empresa e isso é entendido pela Justiça como uma pirâmide financeira.

Publicidade

O presidente da Herbalife, Michael Johnson, não acha que pagando estes valores estará concordando que a empresa explora seus consumidores, para ele, o fato de aceitar fazer estes acordos mostra que o modelo de negócio adotado pela mesma, é sólido e garante segurança para seguir em frente. #Crime #Corrupção #Casos de polícia