O jogo mais falado do momento tem produzido uma series de situações desastrosas. Uma morte foi confirmada por pessoas que procuravam pokémons. Dessa vez foi um jovem chamado Jerson Lopez, de apenas 18 anos. que foi baleado várias vezes depois de ter sido emboscado procurando por um pokémon com seu primo, que está gravemente ferido.

Jerson morreu na hora e Daniel Moises Picen, de 17 anos, está em estado grave.

Os dois estavam em cima de uma linha ferroviária em Chiquimula, cerca de 200 quilômetros da capital da Guatemala.

Outras mortes em situações que envolvem o jogo vêm sendo comentadas no mundo inteiro, mas acredita-se que esse é o primeiro caso de homicídio relacionado com o jogo, que tem milhares de fãs no mundo e vem  a cada dia conquistando mais.

Publicidade
Publicidade

A polícia local trabalha na hipótese dos atacantes terem descoberto onde os garotos estavam aproveitando a função do jogo que mostra a sua localização por gps. No local do assassinato, foram encontradas mais de 20 cápsulas de balas, segundo o site Independent.

Os motivos do ataque ainda não foram totalmente esclarecidos.  A mãe de Jerson Lopez de Leon lamenta a morte do filho dizendo que ele estava deitado na cama quando o seu primo lhe enviou uma mensagem chamando para irem jogar.

PERIGO REAL

Nos últimos dias, há vários relatos de pessoas que se colocam em perigo jogando Pokémon Go. Alguns caíram de penhascos, outros estão sendo atraídos para assaltos, outros estão invadindo residências.

O jogo ainda não foi liberado no Brasil, mas já há uma preocupação muito grande com assaltos, uma vez que os usuários precisam estar com o celular nas mãos olhando pra ele tentando localizar os Pokémons, e isso pode acabar causando acidentes e assaltos.

Publicidade

Será que numero de aparelhos furtados irá subir? Esperamos que não, mas vamos aguardar o lançamento oficial.

LANÇAMENTO NO BRASIL?

Especulava-se um lançamento nessa quinta feira, mas com o adiamento do lançamento do app no Japão, Niantic e Nintendo podem postergar o lançamento ainda mais no Brasil.

Em função de um ajuste de patrocinador de última hora, o lançamento no Japão precisou ser adiado. Depois do adiamento, as ações da companhia despencaram no Japão. #Entretenimento #Violência #Casos de polícia