Mais de mil crianças fizeram um tributo comovente para Tyrese Glasgow, um menino de doze anos que morreu tragicamente. A criança adoeceu e foi para o hospital, onde acabaria morrendo, sem que houvesse ainda qualquer explicação para essa morte trágica. Em seu funeral, as ruas se encheram de crianças que, assim, renderam sua última homenagem para o menino que era um exemplo na #Escola para todos os outros. Foram mais de mil as crianças que se alinharam pela rua fora, fazendo assim uma guarda de honra para a última passagem de Tyrese, em Manchester, na Inglaterra. 

A imagem está correndo o mundo, pela força da Internet. A notícia se tornou #Viral, com essa homenagem comovente que partiu das crianças.

Publicidade
Publicidade

Todas vestidas com o uniforme do colégio onde estudavam, são mais de mil os meninos que resolveram assim homenagear o colega, deixando os mais de 150 professores presentes ainda mais emocionados. 

Helen Bulmer, professora nessa escola desde o ano de 1990, falou que esse foi um dos momentos mais emocionantes que alguma vez viveu, após testemunhar esse tributo maravilhoso, que a deixou "orgulhosa", por fazer parte dessa escola, que está educando esses meninos dessa forma. Mas se a guarda de honra de todas essas crianças para Tyrese é genuína e comovente, certo é que a partida desse menino deixou todos de coração partido. O pequeno Tyrese estava fazendo o sétimo ano da escola, quando ficou doente, em casa. 

Foi para o hospital, onde acabaria por não sobreviver. Na escola, não esquecem a criança maravilhosa que Tyrese era, muito menos seu sorriso que iluminava todos. Blezard-Downs era sua professora e relembra Tyrese como um menino "fantástico", sempre muito "educado", "popular" e sempre com um "sorriso contagiante", contou a educadora, em declarações para o jornal The Sun

Para todos na escola, Tyrese era um "exemplo" para os outros meninos e era, especialmente, descrito como "amigo de todos".

Publicidade

Certo é que sua morte deixou um amargo imenso em todos os colegas que não esquecem o menino mas sua morte ainda não foi explicada. No entanto, a polícia revelou que não existem circunstâncias suspeitas nesse caso, mas que um inquérito será aberto para que sejam apuradas as causas da morte da criança de doze anos.  #Europa