Nesse final de semana, um novo vídeo mostrando o atentado supostamente terrorista cometido em Nice, na França, acabou sendo divulgado nas redes sociais. As imagens fortes exibem o momento em que Mohamed Lahouaiej-Bouhlel, de 31 anos, avança sobre centenas de pessoas que acompanhavam as celebrações do 14 de julho na cidade, quando é comemorada a queda da Bastilha. O vídeo foi gravado na Avenida Passeio dos Ingleses e exibe  como tudo aconteceu de forma extremamente rápida. No momento do atropelamento coletivo, poucas pessoas perceberam que o caminhão estava vindo porque havia som alto e também fogos. 

Neste sábado, 16, o grupo terrorista radical Estado Islâmico assumiu a autoria dos atentados.

Publicidade
Publicidade

O governo francês, no entanto, tenta negar essas informações e dizer que o ataque foi solitário. O assassino de 84 pessoas estaria passando por problemas emocionais. Ele além de atropelar as pessoas que acompanhavam o feriado também atirou em muitas delas. No caminhão foram encontradas armas, munições e até granadas. A França decidiu postergar o estado de emergência por mais três meses, mas tem sido criticada pela pouca segurança, como no evento. O caminhão conseguiu passar por diversas barreiras sem ser incomodado. 

Em eventos assim, até mesmo aqui no Brasil, existe uma preocupação, evitando-se a passagem de carros, por exemplo. As imagens do atentado repercutiram em todo o mundo e estão colocando atletas franceses com medo. Isso porque um dia antes do ataque, um jornal local publicou ter informações de que o Estado Islâmico estaria planejando um atentado contra a delegação francesa, quando essa estiver no Rio de Janeiro para os jogos olímpico.

Publicidade

A competição que começa daqui a cerca de 20 dias terá toda sua segurança revista depois do atentado. A informação foi dada pelo Ministro da Defesa brasileiro, que ainda revela não acreditar na possibilidade de atentado terrorista em solo brasileiro, mas que tomaria todas as precauções possíveis para evitar isso. 

Veja abaixo o momento em que os turistas foram surpreendidos pelo caminhão assassino:

#Terrorismo