A professora de inglês, Alexandria Vera de 24 anos, foi presa sob a acusação de abusar sexualmente de um adolescente menor de idade - o caso aconteceu na cidade de Houston, no Texas. A professora, que estava foragida após ter engravidado do aluno, acabou se entregando para a Polícia. Segundo o promotor responsável pelo caso, o relacionamento de Alexandria com o aluno teria começado em setembro de 2015 e durado por mais sete meses. Ainda de acordo com o promotor, os dois se relacionavam sexualmente de três a quatro vezes por semana.

A pena mínima para este tipo de crime no Texas é de 25 anos de reclusão em regime fechado.

Publicidade
Publicidade

A ré confessou que o relacionamento ocorreu após ser contratada para dar aulas na escola Stovall Middle. De acordo com sua versão, ela contou que depois de conhecer o garoto sentiu-se atraída por ele. No início pensou que fosse uma coisa passageira, mas quanto mais o via, mais aumentava seu desejo em se relacionar com o adolescente. Ela contou ainda que os pais do garoto teriam aprovado o relacionamento de ambos.

Ainda de acordo com o seu depoimento, certo dia ela teria sido convidada para um almoço de família, naquela ocasião os pais do garoto lhe apresentaram como sendo a namorada do filho. Em janeiro, ela teria contado para os pais do garoto que estava grávida dele, e de acordo com ela todos ficaram super animados com a notícia. Mas cerca de um mês depois, ela teria sofrido um aborto, após ser interrogada por policiais responsáveis pelo serviço de proteção á crianças e adolescentes sobre a suspeita de abusar de um menor de idade.

Publicidade

Um ex-aluno da professora Alexandria, contou para uma emissora de TV, que algumas vezes era comum ver os dois se agarrando na hora do intervalo. De acordo com testemunhas, o namoro de ambos teria começado depois que a mulher repassou seu numero de celular para o estudante. Naquela ocasião, ela disponibilizou-se em ajudá-lo em uma tarefa escolar, aproveitando a ocasião o aluno teria convidado a professora para fazer um passeio. Segundo relatos do garoto, durante o encontro os dois teriam se beijado dentro do carro dela. No dia seguinte, ela teria ido até sua casa. Naquela ocasião, ele estava sozinho em casa e foi lá, onde os dois consumaram o primeiro ato sexual. #Entretenimento #Curiosidades #Casos de polícia