Neste sábado (9), mais um homem foi morto nas corridas de touros, na cidade de Pamplona, Espanha, durante as Fiestas de San Fermín (festival de São Firmino). Trata-se de um espanhol, de 28 anos, que teve seu pulmão e o coração perfurados pelo chifre do animal. Foi o terceiro dia de um festival que dura nove dias.

Além do espanhol que faleceu, outro, de 24 anos foi ferido no braço, e um japonês, de 33 anos, foi atingido no peito. Outras doze pessoas ficaram feridas também. A prática começou como uma brincadeira nos festejos de São Firmino, um santo natural da cidade e padroeiro de Navarra, no ano de 1881. Desde o início dos registros da tradição, em 1924, quinze pessoas já morreram atingidas pelos #Animais.

Publicidade
Publicidade

Os festejos começam em 6 de julho, ao meio-dia, impreterivelmente, com o lançamento de fogos de artifício da sacada da sede do governo municipal local. Nos chamados encierros, todos os dias 6 touros são soltos na rua, diante de centenas de pessoas vestidas de branco, com lenços vermelhos amarrados ao pescoço, em homenagem a São Firmino, que foi degolado.

O percurso é de 849 metros, nas ruas do centro histórico da cidade. São oito corridas, uma em cada dia. A corrida é, predominantemente, masculina: apenas 8% dos participantes são mulheres. Cada corrida dura, em média, apenas três minutos até a Plaza de Toros (a praça de touros da cidade que, na verdade, é uma arena), onde os pagantes aguardam.  Quem costuma participar diz que é rara a presença de brasileiros.

Essa parte das festividades do santo padroeiro protagoniza situações de grande risco para os participantes, com pessoas deitadas ao solo sendo pisoteadas pelos animais em desespero.

Publicidade

As comemorações nos festejos são diversas e não se limitam a essa corrida. Há, no entanto, diversas manifestações de Organizações Não-Governamentais ambientalistas e de defensores dos animais contra a prática tradicional.

A cidade de Valência, também no sul da Espanha, baniu uma tradição antiga na região de soltar touros pelas ruas com bolas flamejantes presas aos chifres. #Comportamento