Enquanto visitava e passeava com os pais no Jardim #Zoológico de Rabat, localizado no Marrocos, uma garotinha de apenas 7 anos (cujo nome não foi divulgado), levou uma pedrada e morreu. 

A pedra foi arremessada por uma das fêmeas de elefante do Jardim Zoológico, chamada "Assia".

A tragédia, até então inédita e improvável, aconteceu no dia 26 de agosto (terça-feira), segundo informou a agência de notícias Efe.

No momento em que ocorreu o "ataque", a pequena, que estava junto com a mãe e o pai, fotografava os 3 elefantes africanos do zoológico. O complexo possui uma cerca e um fosso que delimita o espaço entre os animais e o público.

Publicidade
Publicidade

Elefante fez arremesso da pedra com a tromba

A fêmea de elefante lançou a pedra com a tromba, que apesar da distância, atingiu a garotinha na cabeça. Ela foi socorrida imediatamente, porém não resistiu ao ferimento e faleceu ao dar entrada no hospital.

Testemunhas relatam que a família e a garota não estavam além dos limites, ou seja, não tinham ultrapassado o espaço de segurança que protege o público dos animais.

Segundo a CNN, a ala dos elefantes, do Zoológico Rabat, contava com uma enorme vala protegida por cercas de madeira e, por ser considerado um espaço seguro, não utilizava cercas de metal.

Segundo maior zoológico da África

Através de um comunicado, a administração, explica que o complexo, considerado um dos maiores do país, atende a padrões internacionais de segurança. Ainda, segundo  esse comunicado, o espaço onde vivem os elefantes possui, também, segurança de nível internacional.

Publicidade

O trágico incidente está sendo considerado raríssimo, imprevisível e muito incomum, pelos gestores do Zoológico.

O Jardim Zoológico Rabat, inaugurado em 2002 pelo Príncipe Herdeiro Moulay El Hassan, fica póximo ao Abdellh Sports Complex. Localizado em uma área de 50 hectares, possui cerca de mil animais de 120 espécies diferentes, que vivem em espaços que imitam o habitat natural de cada um deles. 

Além da presença dos animais, o zoológico também oferece aos visitantes, serviços de restaurante, negócios locais e passeios. #Tragédia #Mundo