Inacreditável o que aconteceu com um bebê de 19 meses. O menino estava na casa dos avós quando caiu na lagoa do jardim lá de casa. O bebê ainda foi levado para o hospital Pilgrim, em Boston, na Inglaterra, e depois transferido para o Queen's Medical Centre, em Nottingham, mas acabou morrendo três dias depois. A #Família está chocada com tudo isso, mas será aberto um inquérito para apurar o que terá realmente acontecido, que levasse a essa queda de um bebê tão pequeno. 

Tragédia com causas ainda por apurar

A queda do menino aconteceu no último domingo (10), quando o bebê estaria com os avós, na sua casa em Gosberton Risegate, perto de Lincolnshire.

Publicidade
Publicidade

No entanto, a morte da criança apenas seria anunciada na última quarta-feira e, para já, os contornos dessa tragédia ainda estão longe de ficarem bem explicados. Ainda não existe qualquer implicação judicial e a polícia inglesa não apresentou qualquer suspeito, nem de agressão nem tão pouco por negligência. 

Nesse momento, a família do bebê está chorando a morte da criança sem estar envolvida em nada mais. No entanto, o procurador da justiça já lamentou a tragédia que aconteceu mas garantiu que será aberto um inquérito, para que sejam apuradas as causas que levaram a essa morte.

Tragédia com bebê de 19 meses por explicar

A notícia está sendo avançada pelo jornal Daily Mail mas ainda não existe muita informação para o sucedido. A identidade do menino ainda não foi revelada, nem são conhecidas as circunstâncias em que um menino tão pequeno estaria em um local de pouca segurança, como uma lagoa de jardim. 

Apesar de a morte já ter sido anunciada no hospital, se desconhece ainda se o menino teria sofrido afogamento ou algum traumatismo grave na queda.

Publicidade

Por isso mesmo, o inquérito, com o recurso para a autópsia, será decisivo para explicar essa morte trágica. 

Para já, a família ainda não se pronunciou mas alguns vizinhos já fizeram algumas declarações para a imprensa inglesa, lamentando sobretudo a morte da pequena criança. "O meu coração está sangrando com essa notícia", contou um vizinho para o jornal LincoInshire Echo, dando algumas palavras de conforto para a família, considerando ser inimaginável a dor pela qual eles estão passando.  #Europa #Casos de polícia