Nesta sexta-feira, 22, o mundo foi alvejado por mais um atentado terrorista. Dessa vez, no roteiro do terror entrou a cidade de Munique, na Alemanha. Até o fechamento desta reportagem, o governo alemão já confirmava pelo menos nove mortos. Existe a possibilidade do ataque ser organizado e não feito pelos chamados "lobos solitários", quando apenas uma pessoa sai atirando ou fazendo ações em nome de grupos extremistas com o Estado Islâmico. Na internet, o Estado Islâmico comemorou a ação na Alemanha. A Polícia local pede que ninguém saia de casa. A informação é de que um dos terroristas teria se matado. 

Um dos vídeo divulgados na Alemanha e repercutido aqui no Brasil pelo jornal 'O Globo' mostra o atirador em cima do telhado de um prédio.

Publicidade
Publicidade

O vídeo exibe o homem fazendo disparos e muitas pessoas gritando em alemão. Não dá para entender ao certo o que é dito, mas o desespero é evidente. A pessoa que faz as imagens chega a se jogar no chão para evitar ser atingida pelo terrorista, que estava todo vestido de preto. Não é claro se o atirador que subiu no prédio seria o mesmo que atirou em frente à uma loja do McDonalds. Todos os locais ficam no Complexo Olímpico da região. 

De acordo com testemunhas entrevistas por jornais locais e também pelos policiais, pelo menos três homens fizeram o ataque no shopping center Olympia. Por conta do atentado, o estado de emergência foi decretado e todo o transporte em Munique foi cancelado. Está proibido até mesmo sair de carro de casa. A ordem é não sair. Quem se arrisca pelas ruas é parado. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o atirador em cima do telhado:

Apesar da imprensa local ter bem mais cuidado que jornais de outros países, os números de mortos e feridos são extremamente desencontrados.

Publicidade

Alguns vídeos publicados nas redes sociais mostram muitas pessoas correndo e gritando. A Polícia pediu que ninguém mais compartilhasse esse tipo de imagem, sob a ameaça da manobra de alguma maneira atrapalhar a investigação contra o #Terrorismo. Até o fechamento da reportagem, a caçada continuava.  #Ataque Terrorista