Um dos maiores medos de quem é ciumento é um dia ser traído. O ciúme geralmente ocorre quando aparece uma pessoa mais bonita, simpática ou que tenha um "atributo" dito como especial. Um homem na Argentina sabe bem o gosto de levar um "chifre". E para deixar ainda mais interessante a história, a mulher dele o traiu com um "gordinho gostoso". O maridão chegava em casa depois de mais um dia de trabalho, quando desconfiou de um barulho que vinha debaixo da cama de sua esposa. Era lá que estava o 'Ricardão'. De acordo com informações do jornal 'O Globo', o caso aconteceu no último fim de semana.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram o 'Ricardão' correndo pelas ruas argentinas.

Publicidade
Publicidade

O gordinho sapeca aparece desesperado e tentando esconder seus órgãos genitais. Enquanto tampa seu sexo com uma das mãos, com a outra ele mostra total desorientação ao correr entre os carros. O caso aconteceu em plena luz do dia, quando crianças passeavam pela rua. Segundo 'O Globo', a fuga realmente aconteceu depois do homem ser flagrado embaixo da cama. 

Transeuntes se animaram com  a cena incomum. Rapidamente, o povo começou a filmar o homem e jogou tudo na internet. O caso viralizou no país dos 'Hermanos' e não demorou muito para que boatos ganhassem não só o boca a boca, mas até as páginas dos principais jornais argentinos, mostrando que uma traição sempre rende boa venda. Segundo o jornal local “El Cordillerano”, o amante foi descoberto pelo traído da história depois que esse decidiu voltar mais cedo para casa. 

O argentino que viu sua mulher o trair se sentiu mal naquele dia e voltou duas horas antes do que o normal, tempo suficiente para que pegasse a esposa com a boca na butija.

Publicidade

Ao ver o homem escondido, começou o corre corre. O traído teria feito ameaças e o 'Ricardão' usou o modo Usain Bolt para correr. Ele pegou uma carona com um caminhoneiro, mas teve o seu carro completamente destruído. 

Veja abaixo o momento em que o 'Ricardão' corre "peladão" pelas ruas da Argentina com medo de apanhar:

#Crime