Um caso ocorrido no Canadá está chamando a atenção de todo o mundo. Dois melhores amigos sempre foram muito próximos e tiveram seus familiares juntos durante a vida. No entanto, o que ele jamais poderia imaginar é que eles teriam sido trocados na maternidade logo no nascimento. Ou seja, um foi morar com a família do outro sem saber. David Tait e Leon Swanson tem 41 anos e começaram a desconfiar da possível troca devido a semelhanças com as famílias que não conviveram. Em entrevista coletiva, eles deram detalhes sobre o caso e emocionaram muitas pessoas. 

O primeiro a descobrir a possível troca foi Leon. Ele começou a ouvir boatos do que teria ocorrido em 1975, na Norway House Hospital.

Publicidade
Publicidade

David intrigado com a desconfiança do melhor amigo decidiu ir buscar respostas. Foi aí que a desconfiança do crime na maternidade só aumentou. O que eles não esperavam era que justamente um fosse criado pela mãe do outro. Isso foi comprovado a partir de exames de DNA. Ambos vivem em uma pequena cidade, que tem pouco mais de 5 mil pessoas, formada em sua maioria por indígenas. Nenhum deles acabou sendo criado pela família biológica, mas a proximidade na criação dos já homens tem ajudado a resgatar o tempo perdido. 

Muito emocionado, Tait disse que se sentiu "perturbado, confuso e com raiva" ao ler o resultado de DNA. Ele disse que quer muitas respostas. A vítima lembrou que aquilo afetaria ele e o colega por toda a vida e que a jornada de descobertas estaria apenas começando na vida de ambos.

Publicidade

O homem feito ainda agradeceu o trabalho dos seus pais de criação, dizendo que eles sempre seriam chamados de pai e mãe, mesmo não sendo ele a cria biológica da família. 

O que mudou agora, segundo as vítimas, seria que um ganhou um novo irmão, além de um novo pai e mãe. Não é a primeira vez que a tal maternidade faz trocas de bebês, o que faz com que o país agora haja com uma enorme investigação. No ano passado, outros dois homens descobriram que foram trocados no mesmo hospital e no mesmo ano. Já se tem a certeza que pelo menos um funcionário daquela época fazia a troca das crianças. Basta agora entender o que levaria alguém a tomar uma medida capaz de mudar a vida de qualquer um.  #É Manchete! #Investigação Criminal