Após inventar a famosa história onde afirmou ser vítima de um suposto assalto, ocorrido nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, o nadador Ryan Lochte, de 32 anos, acabou dando-se muito mal. Na ocasião, acabou perdendo vários patrocinadores como a Speedo e Ralph Lauren, entre outros. Entretanto, uma fabricante de brinquedos sexuais acredita ter encontrado em Lotche o modelo ideal para lançar a marca de seus produtos. Segundo informações do Jornal Metro, a empresa acabou de divulgar um aparelho que simula uma masturbação, chamado Autoblow 2+ e agora pretende que o atleta lance o brinquedo. De acordo com Brian Sloan, proprietário da empresa, ele fez questão de perdoar o atleta pelo ocorrido e acha que a imagem do atleta é ótima para as vendas do produto.

Publicidade
Publicidade

A empresa pretende pagar ao nadador o equivalente a 7,5 mil libras, em torno de 10 mil reais, para que o atleta pose com os produtos e slogan. Ainda não há informações se o atleta teria aceitado o convite ou não. Informações dão conta de que a principal fonte de renda da maioria dos atletas olímpicos está relacionada aos contratos de publicidade.

O site norte-americano Money Nation publicou uma reportagem contando que o atleta já teria recebido o equivalente a 17 milhões de dólares no decorrer de toda sua carreira, sendo pouco mais de 16 milhões vindos de contratos de publicidade. Atualmente, sua receita líquida está avaliada em pouco mais de 6 milhões. 

Após a farsa sobre o suposto assalto, o caso envolvendo Ryan Lotche e outros três nadadores norte-americanos recebeu inúmeras críticas por parte da imprensa internacional, além de diversos memes por parte de internautas através de redes sociais.

Publicidade

A verdadeira história só foi descoberta quando as câmeras de segurança de um posto de gasolina na baixada fluminense flagraram o momento exato em que um dos atletas aparece urinando no chão, além disso, teriam quebrado uma placa de publicidade. Após serem abordados por seguranças do posto, os atletas tiveram que pagar pelos estragos para evitar que a polícia fosse chamada para ao local. #ryan lotche #Entretenimento #Curiosidades