Segundo o site norueguês "The Local", um funcionário da Inspeção da Natureza Norueguesa (INN, ou Statens Naturoppsyn, no idioma local), estava fazendo uma vistoria rotineira neste fim de semana, em uma área ao sul do planalto montanhoso de Hardangervidda, localizado entre as cidades de Oslo e Bergen, quando se deparou com uma cena chocante.

Caminhado pelo local, o guarda de caça constatou que centenas de renas estavam deitadas juntas no chão, e que todas estavam mortas. Acredita-se que um raio teria sido o responsável pela mortandade, uma vez que uma tempestade atingiu o local recentemente.

O porta-voz da INN, Knut Nylend, declarou à NTB (Agência de Notícias Norueguesa) que os 323 #Animais encontrados mortos estavam todos concentrados em uma pequena área.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Nylend, as renas têm uma tendência de se manter reunidas em rebanhos, e que, provavelmente, os animais teriam formado uma concentração por medo da tempestade e dos raios.

Cenas desoladoras

Ainda segundo o “The Local”, os animais foram encontrados em uma zona privada, no planalto entre Møsvatn e Kalhovd, deitados em um terreno relativamente longe da trilha de caça mais próxima. A região possui um difícil acesso, e funcionários do INN foram levados para a área neste domingo (28), com o intuito de recolher amostras dos cadáveres.

Em sua declaração à NTB, Nylend disse que a pequena equipe de funcionários que se dirigiu para o local do incidente, formada por oito pessoas, enviará as amostras obtidas dos corpos dos animais para o Instituto Veterinário da Noruega – o que permitirá determinar, após as análises necessárias, qual foi a causa da morte das renas.

Publicidade

 

O porta-voz da INN comentou que a entidade já havia ouvido falar de animais sendo mortos por raios, mas que um evento das proporções do ocorrido em Hardangervidda nunca tinha sido constatado, destacando ainda que existe a especulação de que mais de uma descarga elétrica possa ter atingido o rebanho de renas selvagens.

Assista a algumas imagens registradas no local onde os animais morreram:

#Europa