A empresa chinesa TEB Technology realizou no início de agosto o primeiro teste com o transit elevated bus, um ônibus futurista que promete aliviar o congestionamento nas grandes metrópoles. Com 4,8 metros de altura, o ônibus possui em sua parte inferior uma espécie de vão com 2 metros de altura por onde podem passar outros veículos menores, como se atravessassem um túnel. Com isso, esse ônibus poderá circular nas avenidas sem interferir no tráfego de outros veículos.

Vale 40 ônibus

Segundo informou o site britânico BBC, a viagem experimental do novo ônibus foi realizada na cidade de Qinhuangdao, na província de Hebei, nordeste da China.

Publicidade
Publicidade

“Viagem” é modo de dizer, pois o veículo experimental percorreu uma distância de apenas 300 metros de trilhos, até com certa dificuldade. Mas a ideia da fabricante do ônibus é que, quando ele entrar em operação comercial, possa se deslocar a uma velocidade de até 60 quilômetros por hora e transportar até 1.200 passageiros por viagem, o correspondente à capacidade de 40 ônibus convencionais.

Embora ainda falte muita coisa para ajustar antes que a tecnologia possa ser adotada de verdade, foi uma surpresa a rapidez com que a TEB conseguiu construir seu protótipo de veículo. A ideia de ônibus elevado não é nova, mas começou a ganhar corpo em maio deste ano, quando a TEB divulgou, durante uma feira de tecnologia em Pequim, um vídeo mostrando uma animação de como seria o seu ônibus elevado.

Construção em prazo recorde

O vídeo logo chamou muita atenção: muita gente se impressionou com as cenas do ônibus gigantesco passando velozmente por cima de outros carros sem esmagá-los.

Publicidade

Ninguém levava muito a sério que o veículo pudesse virar realidade no curto prazo, mas, em menos de três meses, a TEB conseguiu montar um protótipo de seu veículo em escala real, um trambolho com cerca de 22 metros de comprimento por 7,5 metros de largura.

Mais barato do que o metrô

Além de driblar os engarrafamentos nas cidades, o novo ônibus, de acordo com sua fabricante, pode diminuir a emissão de gases poluentes, uma vez que ele é movido a eletricidade. Outra vantagem é o menor custo: a implantação da infraestrutura do ônibus elevado é estimada em 20 milhões de dólares por quilômetro, o equivalente a 20% do custo de construção de uma linha de metrô.

A previsão é que o ônibus elevado entre em operação comercial na #China até o fim deste ano. #Curiosidades #Desenvolvimento Tecnológico