A #CIA, Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, liberou, neste ano, centenas de documentos relacionados à ufologia e à investigação de objetos voadores não identificados (OVNIS) em sua página oficial na internet. Segundo a revista Galileu, os arquivos são principalmente de investigações realizadas nas décadas de 1940 e 50 - período em que o fenômeno passou a ser muito reportado em função da 2ª Guerra Mundial.

Publicados no início de 2016, os documentos foram chamados pela mídia de "The real X-Files" (ou "Os reais Arquivos-X"), em alusão à clássica série de suspense e ficção científica. Na produção, que foi sucesso de público na década 1990 e início dos anos 2000, dois agentes do FBI, Fox Mulder e Dana Scully, eram responsáveis pela investigação de casos paranormais no território norte-americano.

Publicidade
Publicidade

Entre os arquivos estão relatos de testemunhas, desenhos que incluem detalhes dos avistamentos e fotografias. Um dos casos que chama a atenção é o que envolve um testemunho sob juramento por parte de Oskar Linke, ex-prefeito da cidade de Gleimershausen, na Alemanha Ocidental, em 1952. Linke e sua filha, à época com 11 anos de idade, teriam visto um objeto "lembrando uma grande panela voadora" que pousou numa floresta localizada na parte Oriental do país. Ele ainda afirma ter observado dois homens com "roupas metálicas brilhantes" próximos ao objeto. Diversos moradores da área disseram ter visto um objeto brilhante no céu, que pensaram ser um cometa.

Na página da CIA há ainda um texto que traz dicas para investigar discos voadores, com base no Projeto Livro Azul, conduzido pela Força Aérea de Wright-Patterson, Ohio, entre 1947 e 1969.

Publicidade

Enquanto o projeto esteve ativo, a Força Aérea registrou mais de 12 mil casos envolvendo "estranhos fenômenos" nos céus, sendo que 701 desses avistamentos permanecem inexplicados até os dias de hoje. Para a Agência, além de um sistema para organizar e catalogar os casos, é preciso manter o ceticismo, analisando cuidadosamente os relatos de testemunhas, fotografias, filmagens e sabendo eliminar avistamentos de possíveis naves terrestres que são confundidas com objetos não identificados. #Ovni #UFO