Mais uma vez a #síria se torna destaque na mídia mundial: uma criança foi resgatada nesta quarta-feira (17), depois de um ataque em Aleppo. O resgate aconteceu à noite e o menino foi tirado dos escombros de uma residência. A imagem da criança vem provocando comoção no mundo e coloca outra vez a situação da população síria em evidência.

O menino, que tem apenas cinco anos, foi identificado como Omran Daqneesh e, na foto, ele está muito sujo de poeira e sangue e claramente em estado de choque, por ter vivenciado momentos de pânico depois do ataque a bombas ao local onde residia com seus familiares.

O momento do resgate chegou a ser noticiado por uma emissora de televisão local.

Publicidade
Publicidade

Omran foi encaminhado para atendimento médico e, de acordo com informação da Syrian American Medical Society, o menino teve machucados na cabeça, mas já foi liberado do hospital, seus pais ainda não foram localizados. O atentado também deixou outras vítimas, entre elas crianças e adultos que foram socorridos e encaminhados para o hospital.

Bombardeio em Aleppo

A cidade foi alvo de um ataque aéreo nesta terça-feira (16), e deixou aproximadamente mais de 50 vítimas fatais até o momento. A região leste do município foi um dos locais mais atingidos pelo bombardeio, onde pelo menos 24 civis perderam a vida por causa do ataque. A grande maioria morava nos distritos de Tariq Al Bab e Al Sajur, essa parte da cidade é controlada pelos oposicionistas e várias pessoas ficaram machucadas.

A cidade de Idlib também foi alvo de ataque na quarta-feira (17) e houve no mínimo 25 vítimas fatais, infelizmente cinco eram crianças.

Publicidade

Assistência humanitária no território sírio

Staffan de Mistura foi mandado pela ONU – Organização das Nações Unidas,no mês de julho para a Síria. Ele informou, nesta quinta-feira (18), que não chegou nenhum auxílio nos lugares que estão mais isolados. A força-tarefa que trazia ajuda precisou ser suspendida até a próxima semana. Staffan insiste que tenha uma trégua de 48 horas na cidade de Aleppo e ele vai solicitar esforços conjuntos não só da Rússia e dos Estados Unidos, mas de todos aqueles que possam ter influência no solo sírio. #Ataque Terrorista