O que era para ser um dia de celebração religiosa, na segunda cidade mais populosa da Espanha, Barcelona, acabou se tornando um evento misterioso, investigado, inclusive, pela Agência Central de Inteligência norte-americana (CIA). Criada em 1947 durante o governo de Harry S. Truman, ela também é chamada de A Companhia.

De acordo com o jornal espanhol La Razón, durante preparação à celebração do Congresso Eucarístico Internacional, uma quarta-feira do dia 21 de maio de 1952, o jornalista Valentin Garcia, que cobria o evento católico, ao olhar para o céu, com objetivo de observar a tempestade que se aproximava, notou uma nave de origem desconhecida sobre Barcelona.

Publicidade
Publicidade

Embora o governo estadunidense negue a possibilidade de entidades alienígenas interagirem no nosso mundo, documentos secretos da CIA - desclassificados e expostos ao público em fevereiro deste ano - mostram diversos relatos da presença extraterrestre sobre vários países do nosso planeta. O caso acontecido na Espanha, em 1952, está entre eles.

Segundo os arquivos da agência, naquela data, o jornalista disse ter visto um objeto voador não identificado (ovni/UFO) se movimentando rapidamente a partir do aeroporto El Prat, a dois mil metros de altura. Um extenso rastro de fumaça também teria sido deixado pelo objeto.

Intrigado com o que havia presenciado, Garcia contatou funcionários dos aeroportos de El Prat e Sabadell, no intuito de descobrir se a emblemática aeronave era de origem terrestre.

Publicidade

Além de inusitada característica do objeto, o espanhol declarou a um agente da CIA que a estrutura emitia flashes de luz e girava sobre o próprio eixo.

Conforme o espanhol revelou para A Companhia, além dele, os colegas de escritório também perceberam o particular rastro de fumaça exposto no céu. Porém, eles não viram o objeto. Na percepção de Garcia, o UFO, inicialmente estático no céu, “desapareceu por alguns segundos e reapareceu, novamente, emitindo fumaça a vários quilômetros de distância de onde estava”.

O relatório da Agência Central de Inteligência, acrescenta o depoimento do editor de um jornal (nome não informado) sobre o surgimento da estranha aeronave em Barcelona. Segundo o editor, naquele dia diversos moradores ligaram para o periódico informando terem testemunhados o mesmo objeto descrito por Valentin Garcia.

Entretanto, apesar da CIA apenas relatar o acontecimento, o jornal La Razón acentua que o espanhol Francisco Andreu, fotografou o objeto. Contudo, a imagem não foi divulgada pela agência. Ela continua classificada como confidencial.

A presença de ovnis em Barcelona não ficou restrita apenas ao ano de 1952. Em 31 de março de 2012, por exemplo, a filmagem de vários supostos UFOs durante o dia, atraiu a atenção de milhares de pessoas. Veja abaixo o registro dos objetos.

Para ver outros arquivos sobre UFOs, estudados pela CIA, copie e cole o link no navegador (https://www.cia.gov/library/readingroom/collection/ufos-fact-or-fiction).

#Mídia #Curiosidades #Internet