O canal do YouTube AustralianPhenomena, administrado por um ufólogo chamado Dylan, lançou um vídeo afirmando que uma filmagem feita no México, de uma estátua de Jesus Cristo abrindo os olhos, seria uma fraude.

Para tanto, Dylan usa um programa de computador e analisa as imagens do vídeo quadro a quadro – um processo bem simples – e apresenta argumentos bem sólidos para dar suporte à sua alegação de que o suposto milagre envolvendo a estátua não passa de montagem.

De acordo com o tabloide inglês Mirror, a filmagem se tornou #Viral quando foi postada em um site chamado Adimensional, criado pelo investigador paranormal Ivan Escamilla, que alegou que o vídeo havia sido examinado "por semanas" por mais de 20 especialistas, incluindo sacerdotes, que "não encontraram quaisquer provas de que havia sido modificado".

Publicidade
Publicidade

No entanto, segundo o jornal argentino El Ancasti, funcionários da diocese de Saltillo, que foram os primeiros a receber o vídeo, se recusaram sequer a assisti-lo, e muito menos emitir uma declaração sobre a sua autenticidade.

Análise

Sob o título "Jesus Christ Statue opens Eyes *Debunked*" (Estátua de Jesus Cristo abre os olhos *Desmascarada*), o vídeo de Dylan no YouTube sobre o alegado fenômeno aborda alguns aspectos que confirmariam a sua fraude.

A partir dos 2:20 minutos de explicação, Dylan aponta para um fato curioso: no momento em que a estátua de Jesus fecha os olhos, parece que toda a sua face se encolhe. Este seria um efeito artificial, pois, na verdade, a estátua não estaria propriamente fechando os olhos – o que acontece, de fato, é um encolhimento de toda a imagem do rosto para dar a impressão de movimento ocular.

Publicidade

Adicionalmente, o pesquisador chama a atenção para o braço direito e o peito da estátua, onde é possível perceber que as linhas que definem os músculos se tornam borradas no exato momento em que os olhos passam de abertos para fechados, e que depois disso, a imagem retorna ao estado de nitidez inicial. Segundo Dylan, este é mais um indício de fraude ou adulteração.

O site Snopes, fundado em 1995 e criado originalmente para pesquisar lendas urbanas, também afirma que o vídeo é falso, chamando a atenção para o fato de a filmagem ser escura, borrada, tremida e de baixa resolução, e que, curiosamente, a única coisa estável no vídeo sejam os olhos da estátua abrindo e fechando.

Assista à explicação de Dylan, em inglês:

#Curiosidades