Um caso emocionante tem causado grande repercussão nas redes sociais. Uma criança de apenas 1 aninho tem demostrado o quanto ela é guerreira e capaz de vencer os obstáculos. A força de vontade da pequena Evelyn Moore tem chamado a atenção do mundo com sua história de #superação.

Evelyn nasceu no Canadá e, aos quatro meses de vida, seus pais receberam o triste diagnóstico de um tumor na coluna. Os médicos fizeram todos os exames e descobriram que não seria possível retirar o tumor através de um procedimento cirúrgico. O tratamento indicado para o caso de Evelyn foi a quimioterapia e ela precisou enfrentar oito ciclos em busca da cura.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, a bebezinha está com 1 ano e 1 mês e o tratamento vem apresentando sucesso, pois o tumor vem regredindo. Mas, infelizmente, a pequena acabou tendo uma sequela: o tratamento provocou uma paralisia, ela não tem os movimentos da cintura para baixo. Enfrentar toda essa batalha pela vida, não tirou a alegria da menina, muito curiosa, gosta de explorar tudo que está ao seu redor.

Os pais de Evelyn não se abateram e começaram a procurar uma maneira de ajudar a manter a alegria da menina. Foi então que eles decidiram iniciar um pesquisa para personalizar uma cadeira de rodas para a filha, pois as convencionais não serviam por serem muito grandes.

Foi então que eles fizeram uma cadeira para a pequena e, como ela é muito esperta, conseguiu aprender rapidinho como usá-la. Agora, Evelyn já consegue se locomover para onde quiser.

Publicidade

De acordo com a mãe da menina, os médicos disseram que ela poderia tentar engatinhar usando a força dos braços até que fosse possível usar uma cadeira de rodas tradicional, mas eles preferiram buscar outro método, o que deu muito certo.

Saiba o que é o Neuroblastoma

O neuroblastoma é um tumor maligno que atinge, na maioria dos casos, crianças abaixo de 5 anos. Ele surge a partir de células nervosas em algumas partes do corpo, como abdômen, tórax ou pescoço. Alguns tipos da #Doença podem desaparecer sozinha, mas, em alguns casos, é necessário que se faça muitos tratamentos. A criança já pode nascer com esse tipo de câncer. Na maioria dos casos, não é possível identificar as causas da doença.

Veja o vídeo onde a bebê mostra toda sua desenvoltura na cadeira adaptada: