O #Crime aconteceu em 2 de agosto, em Howard Beach, uma área nobre no Queens (Nova York). A jovem Karina Vetrano, de 30 anos, foi brutalmente assassinada enquanto corria pela manha em um parque, aproximadamente às 5h da manhã. Segundo as investigações da polícia local, a mulher teria sido arrastada da pista de corrida para uma área deserta do parque que possuía um matagal extenso e uma espécie de lago. No local a mesma foi violentada e estrangulada. Os moradores locais estão assustados, não só pela violência do crime como pelo horário que o mesmo aconteceu, em uma região que costuma ser de tranqüilidade.

Os pais da moça, Cathy e Phil Vetrano, ainda procuram respostas como divulgado em vídeo:

Para auxiliar nas investigações, divulgaram que estão arrecadando doações para uma recompensa de 200 mil dólares para quem tiver ou souber mais informações sobre o crime.

Publicidade
Publicidade

Segundo o pai da moça, que montou uma página online e campanha para achar o assassino da filha, ou pelo menos, saber como tudo aconteceu, não vai medir esforços para encontrar o responsável. A página tem por objetivo arrecadar de doadores sensibilizados com a dor da família quantias em dinheiro que servirão como recompensa para quem falar. O objetivo são os 200 mil supracitados, além da quantia de US$ 20 mil já oferecido pela polícia a quem denunciar o ocorrido. De acordo com o próprio site de divulgação GoFundMe, já no primeiro dia eles somaram uma quantia que se aproxima do previsto pela família. Essa já é a segunda vez que o valor oferecido é aumentado, porém até agora nenhum suspeito foi achado.

O pai muito emocionado falou que essa é a maneira que ele encontrou de lutar por justiça pela morte da filha, uma forma de ajudar a encontrar quem tenha informações sobre o assassinato brutal para que as investigações consigam chegar na prisão do criminoso.

Publicidade

A polícia ainda avalia o caso, mas parte do pressuposto de que Karina tenha sido alvo de um crime por um agressor qualquer, e não uma pessoa ligada à família ou que tenha tinha relações com a mesma. Desde o assassinato, o congressista, Hakeem Jeffreies (D- NY), pediu medidas de segurança reforçadas e patrulhas no Spring Creek Park.  #Casos de polícia