Nessa quinta-feira, 4, o mundo se surpreendeu com a notícia de que a filha caçula de um dos homens mais poderosos do mundo, tem dedicado suas férias de verão para trabalhar em um restaurante de Massachusetts.

No estabelecimento comercial, a adolescente ajuda na limpeza do local e no preparo das mesas para receber cerca de 350 pessoas que almoçam, diariamente, no restaurante. A moça está trabalhando há poucos dias e tem dedicado quatro horas diárias no restaurante. Ela encerra o expediente às 11h30, pouco antes dos clientes começarem a chegar para o almoço.

Sasha, que usa seu nome de batismo no restaurante, Natasha, é acompanhada por seis agentes secretos que se dividem entre a parte interna e externa do estabelecimento.

Publicidade
Publicidade

Obama e a família costumam comer no restaurante durante as férias de verão e o dono do negócio é seu amigo pessoal. Segundo funcionários, o trabalho de Sasha deve durar até sábado, quando a família se reunirá na ilha de Martha’s Vineyard, onde fica o estabelecimento, para aproveitarem às férias.

O primeiro meio de comunicação a divulgar o trabalho da caçula de Obama foi o jornal ‘Boston Herald’, e em pouco tempo o assunto se propagou em todo o mundo. A atitude, tanto da adolescente, quanto de seus pais em permitirem que ela trabalhe, mesmo sendo filha do presidente dos #Estados Unidos, gerou muitos elogios, não só dos americanos, mas de pessoas em todo o mundo, inclusive no Brasil.

#Barack Obama completou 55 anos nessa quinta-feira, 4, e possui uma outra filha, Malia, que completou dezoito anos no mês passado.

Publicidade

O presidente dos Estados Unidos aproveita seus últimos meses à frente de um dos países mais poderosos do mundo, pois em breve será substituído pelo vencedor do pleito entre Donald Trump e Hillary Clinton.

Obama demonstrou apoio a Clinton, mas Trump também possui chances reais de vencer as eleições, uma vez que possui uma política radical para acabar com o terrorismo e com a violência, chegando, inclusive, a elogiar a estratégia de Vladimir Putin no combate ao Estado Islâmico na Síria. Putin lidera a coalisão russa, que tem algumas divergências com a coalisão americana de Obama. #Filha de Barack Obama