O que era para ser mais um dia comum na vida do inglês Steven Cook, 50 anos, acabou se tornando um evento digno de ser reproduzido pelo seriado de mistérios Arquivo X. Ao sair para fotografar pássaros no parque da cidade de Leyland, situada no condado de Lancashire (Inglaterra), ele acabou por registrar uma bizarra criatura.

Conforme o periódico europeu Express, edição de quarta-feira (31), o indivíduo, que atua como fotógrafo amador, especializado em registrar a vida selvagem, capturou a emblemática entidade no momento em que visualizou uma pena sobre a superfície do lago. Ao fotografar a pena, com objetivo de regular a lente do equipamento, Cook registrou a presença de um estranho animal, com grandes olhos e aspecto achatado, sob as águas do lago.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o inglês revela o fato de não ter notado a presença do ‘alien’ naquele cenário. Ele confidencia ter observado os grandes olhos do inusitado monstrengo, somente quando começou a analisar as fotografias em casa. Segundo o fotógrafo amador, ele levou um susto ao reparar que haviam dois olhos, aparentemente, olhando para ele. “Pensei, Cristo, o que eu vi aqui?”, comenta.

Cook, habituado a registrar a natureza selvagem da região por mais de 30 anos, argumenta que durante esse período nunca havia testemunhado um bicho com aquela insólita aparência. No intuito de descobrir a origem do animal, ele publicou a foto em um grupo do Facebook. Porém, segundo o homem, os membros do grupo também mostraram curiosidade e pavor, com relação a fotografia. De acordo com o inglês, moradores da região o aconselharam a não entrar no lago.

Publicidade

Residentes salientaram que o bicho, provavelmente seja um animal desconhecido que vive no fundo daquele lugar.

Embora o pretenso ‘monstro do lago’ permaneça sem identificação, todos os anos cientistas descobrem novas espécies de peixes e outras criaturas aquáticas. Contudo, a possibilidade de o fotógrafo ter, na verdade, capturado a imagem de uma possível sacola, ou outro objeto qualquer, não deve ser descartada. Ao menos, até pesquisadores do país emitirem um parecer final sobre o hipotético monstrengo. #Mídia #Curiosidades #Internet