Jake Dalton é natural de Reno, cidade de Nevada (EUA). O atleta conta que passou a sua infância e juventude se dedicando aos estudos e também ao esporte, principalmente ao Baseball, que na época era o seu esporte preferido. Conforme o tempo foi passando, tudo foi mudando e ele crê que uma intervenção divina fez com que ele mudasse seus planos e se dedicasse à Ginástica Olímpica.

O ginasta faz questão de levar a sua fé por onde passa. Com apenas 24 anos de idade, ele diz que suas orações, feitas diariamente, oferecem a ajuda que ele precisa para vencer todos os seus medos e obstáculos!

No ano de 2012, ele representou seu país nas #Olimpíadas e se tornou medalhista mundial, colecionando, aproximadamente, 10 medalhas nacionais ao longo de sua carreira.

Publicidade
Publicidade

Dalton conta que vem sofrendo com um problema físico desde que participou dos jogos Olímpicos de Londres, e que precisou de uma cirurgia, para melhorar uma lesão no ombro.

“O meu grande medo era de não se recuperar a tempo, e não poder participar das Olimpíadas”, conta ele.

O jovem faz questão de carregar com ele um cordão que parecesse um sino com as lindas palavras do Salmo 28:7: O senhor é minha força, ele conta que toda vez que se sente reprimido, segura firme o cordão e repete o salmo.

“A minha fé vem junto com as minhas orações e isso faz com que eu supere todos os medos que tenta me fazer desistir”.

Dalton revela que ora sempre que está treinando e também quando está prestes a competir, dizendo que sua força começa nesse momento. Quando se prepara para saltar, ele continua se motivando na fé, e, com isso, consegue realizar o seu mais perfeito salto.

Publicidade

“Muitas vezes, sentimos medo de nos machucarmos ou algo parecido, mas meu pensamento é diferente, eu penso que se o plano de Deus for que eu me machuque, ele deve ter uma razão para isso”, O jovem finaliza dizendo que sua fé é o que realmente lhe mantém seguro em seus objetivos e não os seus medos.

Dalton está com a agenda cheia de compromisso e, por isso, não está conseguindo ir à igreja com frequência, mas ele explica que ele e sua esposa costumam assistir cultos, ao vivo, pela internet, afirmando que isso faz com quem o casal se sinta mais próximos de Jesus. #Google