Um vídeo está causando grande indignação na internet. Ele exibe um grupo de adultos usando substâncias ilícitas ao lado de uma crianças. A impressão que dá é que o menor de idade tem entre três e quatro anos. As imagens estão chocando os Estados Unidos e não é para menos. Em dado momento, a mulher, que seria mãe do pequeno bebê, começa a soltar a fumaça da droga no rosto do menino, deixando que ele de certa maneira também seja drogado. A criança tenta inúmeras vezes se esquivar das táticas da mulher, mas é inevitável. Ela insiste e o menino mostra-se incomodado com o abuso e desrespeito.

Assim como o cigarro, a fumaça da maconha pode provocar males à saúde, como o câncer de pulmão.

Publicidade
Publicidade

Pessoas que convivem com fumantes costumam ter doenças decorrentes do fumo, como asma. Além da mulher que seria mãe do menino, uma outra também comete o ato de jogar o bafo nebuloso na vítima. A informação gerou tanta revolta que foi dada como manchete pela TV americana NBC, considerada a maior do planeta. Por conta do vídeo, as duas mulheres se deram mal e foram presas. A Polícia local garantiu que o material seria mais do que suficiente para prender a dupla, que estaria até sendo ameaçada na cadeia. 

Um vídeo começou a ganhar as redes sociais no final de semana mostra outro momento irritante e desolador. O mesmo menino aparece entre adultos no que parece ser sua moradia, o lar doce lar. Um homem então acende mais um cigarro de maconha e o distribui entre os presentes. A mulher então questiona rindo se o pequeno bebê não vai ficar "doidão" e recebe como resposta que a criança não está somente gostando, como também quer entrar no embalo do entorpecente

A Polícia de Fort Hall, onde aconteceu o caso, disse que o caso não ficará impune.

Publicidade

Por enquanto, a criança não ficará mais com a mãe. As autoridades agora analisam com quem ela pode estar. Enquanto isso, o menino foi levado a um abrigo. 

Veja abaixo o vídeo que está revoltando todo o mundo e até onde a droga pode fazer as pessoas irem, até mesmo em situações que envolvem crianças:

 

  #Crime #Investigação Criminal