Existem certas lições e momentos que vivemos na infância e adolescência que nunca mais saem das nossas mentes. Basta sentar com pessoas mais velhas para conversar que, com certeza, elas irão contar alguma situação de suas vidas quando eram jovens. Essa foi a intenção de uma mãe americana: passar uma #lição de vida para a filha da qual ela nunca mais se esquecesse.

Amy Beth Gardner, que mora em Cleveland, no Estado de Tennessee, nos Estados Unidos, fez uso de um tubo de pasta de dente para ensinar a filha como se relacionar com os seus futuros amigos e as pessoas que conheceria ao entrar no ensino fundamental. 

A mulher publicou a lição passada para a filha Breonna, em sua rede social, no dia 14 de agosto e comoveu muitos internautas.

Publicidade
Publicidade

O post teve mais de 660 mil curtidas e quase 715 mil compartilhamentos, fora muitos outros compartilhamentos em páginas da internet.

No relato feito por Amy, ela conta que a filha começaria o ensino fundamental no dia seguinte e que já haviam decorado o armário da mesma, comprado uniforme e mochila nova, mas resolveram fazer uma coisa que era muito mais importante que todas as outras. A mãe conta que entregou um tubo de pasta de dente e um prato para a filha e pediu a ela que colocasse tudo no mesmo.

Assim que a menina fez o que a mãe pediu, Amy calmamente solicitou que Breonna voltasse com a pasta para o tubo. A menina começou a reclamar que não podia, que não seria como era antes. E essa era a questão que a mãe queria abordar com a filha. Ela esperou que a filha terminasse e disse que a mesma lembraria para sempre daquele prato com creme dental, e que as suas #palavras teriam o poder de vida ou mesmo de morte. 

Amy lembrou à filha que ela estava prestes a iniciar na escola secundária e veria o peso que as palavras têm e que ela teria a oportunidade de escolher se usaria suas palavras para coisas ruins como magoar, humilhar, caluniar, inspirar e amar as pessoas, ou para coisas boas como curar, inspirar, amar e estimular.

Publicidade

A mãe falou com ela que vez ou outra ela poderia fazer a escolha errada, assim como acontecia com a mãe, mas que, assim como o creme dental, depois que as palavras saíssem da sua boca, não seria mais possível voltar atrás. 

Ela orientou a filha a usar as palavras com cuidado e pediu para que, quando outras pessoas estivessem usando mal as palavras, a filha guardasse as dela. Que era para a filha fazer toda manhã a escolha de só usar palavras boas durante o dia. A mãe falou que era para a filha decidir naquela noite ser uma doadora de vidas, para que ficasse conhecida pela sua compaixão e bondade. "Use sua vida para dar vida para um mundo que precisa tão desesperadamente. Você nunca, nunca se arrependerá de escolher a bondade". #arrependimento