Ela só possui 12 anos e já sabe usar uma arma como ninguém! Aryanna Gourdin, de Utah, é uma caçadora nata e, ao que tudo indica, não tem dó e nem piedade de qualquer tipo de animal que vê pela frente.

A #Polêmica em torno da menina começou depois que ela postou na internet, fotos de uma girafa imensa que ela matou durante um safári na África. Mas, mesmo em meio a ameaças de morte que recebeu de internautas revoltados, a jovem ainda afirmou que ‘nunca vai parar de caçar’.

As imagens de Gourdin se tornaram virais e nelas, a menina posa com vários tipos de #Animais selvagens que foram abatidos com a ajuda de sua espingarda.

Publicidade
Publicidade

Além de demonstrar frieza nas fotos, a jovem ainda disse que não se arrepende nem um pouquinho de ter assassinado a girafa, uma zebra e um Gnu, o também chamado boi-cavalo, que ela matou em sua chamada ‘caçada esportiva’.

Entre as ameaças que ela recebeu, uma das mais agressivas, foi a de um internauta que escreveu: “espero que alguém tire a sua pele”. Já outros dizem que ao ver as imagens, logo surge a vontade de matá-la.

Segundo a jovem, o seu desejo de caçar é tão grande que ela nunca vai desistir de fazer isso em sua vida. “Eu sou uma caçadora e, não importa o que as pessoas me digam...”, disse ela que caça desde que tinha 7 anos de idade.

Em outras caças, a menina chegou a abater animais nativos da América do Norte como veados e ursos. Mas a viagem à África, ela disse que foi a mais especial, ‘um verdadeiro sonho de caça’, segundo ela.

Publicidade

Ao ser questionada em um programa de TV norte-Americano, Gourdin afirmou o seu amor, pelo chamado por ela de ‘esporte’ e afirmou que nunca vai desistir do que faz.  Ela ainda insistiu em dizer que caçar é algo que ela aprecia muito e deseja que as pessoas vejam e tenham conhecimento das suas experiências.

Segundo Eli, o pai de Gourdin, a girafa que ela matou estava sendo um problema para a região, pois ela consumia recursos valiosos de outras da mesma espécie os quais elas precisavam para se manterem vivas. Ainda completou dizendo que a carne dela, serviu para matar a fome de 800 crianças órfãs da África de uma aldeia da região. Ele ainda afirmou que é muito orgulhoso por ter uma família de caçadores e nunca vai se desculpar por causa disso.

#Violência