Uma bebê de apenas treze dias de vida, teve uma morte trágica. É impossível não se chocar ao saber que um menino de seis anos de idade matou a irmãzinha com poucos dias de nascida a pancadas.

Segundo o portal de notícias G1, a tragédia aconteceu na cidade de St. Petersburg, localizada no norte do estado da Flórida, nos Estados Unidos.

As crianças ficaram por aproximadamente quarenta minutos sozinhas e trancadas no carro da mãe, enquanto ela tranquilamente fazia compras. Saibam mais aqui.

A mãe trancou os filhos no carro

De acordo com oficial do condado de Pinellas, Bob Gualtieri, a mãe Kathleen Marie Steele, de 62 anos, saiu de casa na segunda-feira (8), com os três filhos, Frankie, de 6 anos; Philip de 3 anos e Kathleen, de 13 dias, para realizar várias tarefas.

Publicidade
Publicidade

Ao chegar a uma loja onde faria algumas compras, ela desceu do carro e trancou a minivan com as três crianças lá dentro. 

Saibam como o menino matou a bebê

Ainda segundo a polícia, o menino relatou que a irmã começou a chorar, foi então que ele a retirou da cadeirinha e começou a jogá-la para cima por várias vezes. O garoto disse que ela batia no teto do carro e ia de encontro ao fundo do veículo.  A garotinha sofreu vários traumatismos na cabeça e no rosto. 

Os policiais pediram para que o menino utilizasse uma boneca, para mostrar como ele bateu em sua irmãzinha e foi assim que conseguiram obter os detalhes.

Ao retornar para o carro a mulher se deparou com a menina ferida e azulada, mesmo assim ela terminou de realizar suas tarefas. Somente depois de aproximadamente duas horas, ao chegar em casa, ela acionou o serviço de emergência.

Publicidade

A garotinha foi socorrida e levada para uma clínica onde sua morte foi constatada. 

A mulher foi presa acusada de homicídio

Kathleen Marie Steele, mãe das crianças ficou conhecida  em 2011, ao participar de um reality show sobre mães mais velhas, denominado "Estou grávida e tenho 55 anos". Ela fez inseminação artificial com o esperma congelado do marido, para engravidar do filho de 3 anos e da garotinha que morreu. 

Vizinhos informaram para a polícia que a mulher era extremamente negligente com os filhos e que as crianças apresentam sérios problemas comportamentais.

O menino não recebeu nenhuma acusação, pois também é considerado uma vítima.

A mulher foi presa sob a acusação de homicídio agravante e negligência e teve sua fiança estipulada em US$ 100 mil, de a acordo com informações dadas pelo jornal "Tampa Bay Times".  #Família #Investigação Criminal #Casos de polícia