Elise Chambellant, de 20 anos, a finalista do concurso Miss Universo Australiano, foi espancada covardemente durante uma balada que acontecia em Brisbane, na Austrália, no dia 7 de agosto, por volta de 1h da manhã.

Pelo que a moça contou, tudo começou quando ela estava sozinha no banheiro e ouviu o tumulto e ao ver o acontecia, entrou em uma briga. Ao tentar apartar as enlouquecidas que ali estavam se estapeando, acabou apanhando de quatro mulheres. Elise ainda disse ter tentando se proteger, mas acabou levando vários golpes das agressoras, que a espancaram sem dó e nem piedade.

“De repente elas começaram a brigar pra valer, trocando socos, arranhões e chutes”, contou Elise em seu post publicado na internet.

Publicidade
Publicidade

A miss pratica alguns tipos de lutas mas disse que só entrou para tentar apaziguar a situação.

Já as agressoras, fugiram e abandonaram a jovem toda machucada, à beira da morte, na casa noturna. Depois de ser agredida, a miss foi parar no hospital. Segundo os médicos que a socorreram, ela poderia mesmo ter morrido, pela gravidade dos ferimentos que ela tinha quando deu entrada na unidade de pronto atendimento.

Três dias depois de sair do hospital, a miss resolveu denunciar o #Crime postando fotos do seu rosto machucado em suas redes sociais. Foram imagens publicadas no Facebook e Instagram que mostravam os olhos e lábios roxos da moça, além de inchaços e hematomas causados pelas agressões.

Segundo a miss, os ferimentos não foram só no rosto dela, mas também pelo corpo todo.  Ela ainda contou que teve cabelos arrancados e ossos quebrados.

Publicidade

Na Austrália, Elise é um ícone de beleza e atualmente, uma das mais fortes candidatas ao título de Miss Universo. Após o ocorrido, ela foi alvo do noticiário do país e o caso teve enorme repercussão por vários continentes.

Agora, a moça infelizmente pode perder a chance de ganhar o concurso, por causa dos ferimentos e diz que embora ela queira muito ainda participar, não sabe se estará em condições até lá.  Durante o concurso, que deve acontecer no fim de agosto, será escolhida a representante do estado de Queensland, que seria a última etapa, a que definiria Elise como a Miss Universo Australiana. #Mulher #Violência