Uma grande distribuição de bíblias eletrônicas está prestes a acontecer no Estado Islâmico, e, para que isso seja possível, o uso de drones vai ser indispensável nessa missão. A intenção é fazer com que as pessoas recebam a palavra de Deus de um jeito mais fácil, já que alguns territórios iraquianos estão sendo controlados por grupos de radicais islâmicos. As bíblias possuem um tamanho inacreditável, semelhante a uma caixa de pílulas e com um pequeno display.

Contando com a ajuda da tecnologia, os fiéis poderão conhecer ainda mais a palavra do senhor através do pequeno aparelho digital.

A iniciativa veio da igreja sueca, Livets Ord Church, localizada ao norte da Suécia.

Publicidade
Publicidade

O chefe da missão revela que optou por drones pela facilidade que eles oferecem e também pela grande altura que eles atingem. Com isso, milhares de bíblias digitais serão arremessadas aos fiéis, tornando o dia de cada um mais esperançoso.

As pequenas bíblias digitais não necessitam de eletricidade para funcionar, por isso, poderão ser lidas em qualquer lugar e momento. Ele conta que a única intenção é levar esperança e o amor que o evangelho tenta passar todos os dias aos seus cristãos, e o alvo principal é essa população que está passando por grandes dificuldades e vivendo de uma maneira desumana.

“Elas estão vivendo em áreas reservadas, sem ter acesso ao básico, seus direitos humanos estão sendo negados”, declara o líder religioso para o site Livets Ord. Akerhiel.

O organizador do projeto e também chefe da igreja cristã conta que eles não selecionaram o local da operação na intenção de causar qualquer tipo provocação, como algumas pessoas vêm dizendo sobre a ação voluntaria organizada por sua igreja:

“Nosso projeto está direcionado ao contrabando tradicional de bíblias, e não está ligado com as ações agressivas e militares que está acontecendo constantemente no local”, completou o líder religioso.

Publicidade

As distribuições já estão sendo planejadas e logo serão colocadas em prática. Serão feitas por uma equipe religiosa que já está no local, e com a ajuda dos drones. Os nomes dos participantes foram mantidos em sigilo por motivos de segurança. #Google #Religião