Nesta quarta-feira, 17, o programa 'A Tarde é Sua', da RedeTV!, repercutiu uma informação que tomou conta da internet. A apresentadora Sônia Abrão comentou uma notícia que teria ocorrido na Rússia. Uma mulher chamou a polícia e diz ter sido estuprada por um Pokémon. A suposta vítima alega que um dos bichinhos que faz sucesso através de um jogo de celular saiu no mundo virtual e indo para o mundo real. Segundo ela, sua casa está cheia de Pokémons e o cachorro dela fica latindo o tempo todo, demonstrando assim que tudo o que ela diz é verdade. Após dizer que foi violada por um dos monstrinhos amigos do Pikachu, a mulher alega que pode estar grávida. 

A imprensa mundial repercutiu o caso, mas não deu o nome da suposta vítima, o que fez com que muitos internautas acreditassem que a história é uma grande mentira.

Publicidade
Publicidade

O marido da russa foi entrevistado por alguns sites. Ele revela que não acredita na mulher e alega que acredita que ela está sofrendo de problemas mentais. A Polícia da Rússia ouviu o depoimento da suposta vítima, mas teria negado investigar o caso, dizendo que é impossível que tal história tenha realmente acontecido. A mulher diz que está sendo vítima de preconceito e que um dias as pessoas vão acreditar nela. 

Sônia Abrão concordou com o marido da russa, dizendo que a única explicação é que ela esteja passando por problemas mentais. Uma comentarista do 'A Tarde é Sua', no entanto, alertou para outra possibilidade, a da vítima ter algum fetiche especial por Pokémon e, por isso, ter criado toda uma história bem pornográfica e violenta em sua cabeça. Basta agora saber se realmente alguém um dia vai acreditar em tais depoimentos. 

É bom lembrar que o jogo '#Pokémon Go' virou uma febre no Brasil e no mundo.

Publicidade

Muitos assaltos e acidentes foram registrados envolvendo jogadores desatentos. Apesar dos incidentes, os fãs de jogos garantem que vão continuar jogando e muito. Por conta do sucesso do empreendimento, a Nintendo, detentora dos direitos do game, acabou saindo do buraco.  #Estupro