Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher - diz um famoso ditado popular - mas será mesmo? Para a Justiça da Inglaterra não tem nada disso. Um episódio sexual entre quatro paredes ganhou repercussão nacional e já dá o que falar em outros países, como o Brasil. Segundo informações do jornal Extra em matéria publicada nesta sexta-feira, 19, uma médica inglesa teria rasgado os testículos do marido após ele se negar a tomar banho. O caso agora é julgado pelo tribunal de Bermondsey, localizado na capital do país da rainha Elizabeth, Londres. 

Em depoimento dado aos policiais, Vianey Manzanillo De La Cruz, de 32 anos, acabou reconhecendo ter agredido o órgão sexual de seu ex-marido, o o bancário Alexandre Daband.

Publicidade
Publicidade

O episódio, segundo a reportagem, teria acontecido depois de uma briga no apartamento dele. O jornal inglês Daily Mail, conhecido por publicar matérias bizarras, tem batido bastante na tecla desse caso, fazendo os ingleses e inglesas ficarem na dúvida de quem estaria certo ou errado. Isso porque não foi só a falta de banho que teria feito o casal brigar e essa discussão terminar em uma terrível agressão, que poderia até deixar impotente o bancário 'porquinho'. 

Segundo o depoimento da agressora, que agora é processada, os dois saíram para uma noitada e beberam muito. Voltando para casa "para lá de Bagdá", eles começaram uma forte discussão, na qual a esposa insistia para que o rapaz tirasse a catinga da bebida do seu corpo. Ela argumentou que ele teria até vomitado antes do momento de agressão ao testículo do rapaz. 

A mulher confessa que bebeu, mas nega que estivesse bêbada, argumentando que lembra de tudo o que ocorreu.

Publicidade

Durante o júri, a mulher até chorou e deu detalhes da história, relatando que foi vítima de uma violência doméstica após o pedido de banho. O rapaz teria arrastado ela pelos cabelos, quando ela para se defender pegou pelos seus testículos e fez um estranho. ".Ela agarrou com alguma força e, por isso, eu fui ferido”, lamentou o homem que garante ter tomado banho depois da confusão.  #Crime #Investigação Criminal