A medalhista olímpica Madaline, de apenas 23 anos, surpreendeu a todos quando disse que a vitória não era algo extremamente importante para ela, que tinha algo muito acima disso. Ela conquistou 4 medalhas nas #Olimpíadas do Rio de Janeiro, sendo 2 de ouro, 1 de prata e outra de bronze nos 400 medley.

Maya não estava entre as favoritas, mas chamou a atenção de todos depois que deu algumas entrevistas que se tornaram polêmicas no mundo esportivo.

“Eu não creio que Deus esteja realmente se importando com a minha atuação no esporte. Viver a minha vida toda em uma equipe olímpica não é o meu objetivo de vida. Quero trabalhar a minha alma, que é isso que Deus espera de mim, anunciar o amor de Deus e espalhar misericórdia pelo mundo”.

A jovem atleta se formou pela Universidade de Stanford e fez um comunicado que deixou todos impressionados: “Agora vou me aposentar, dediquei 17 anos de minha vida aos esportes, agora o meu único foco é minha profissão e minha família”, conta a jovem atleta.

Publicidade
Publicidade

A declaração da atleta ganhou muitos elogios do pastor Franklin Graham, que está entre os líderes da Associação Evangelista Billy Graham, “estar ciente do amor que Deus sente por nós e ser grato a isso é uma noticia maravilhosa, que supera qualquer medalha e jogos olímpicos”, afirmou o pastor em suas redes sociais.

A atleta diz que não importa o que aconteça, ela sabe que Deus sempre vai estar ao seu lado ofertando o apoio necessário, e é isso que realmente importa em sua vida. Declarando que: “O amor que Deus tem me oferecido é o mesmo que está apoiando toda a humanidade, e isso é algo grandioso, isso faz com que eu ame os meus semelhantes que estão ao meu redor, principalmente quando as coisas estão se tornando difíceis, o amor de Deus é o nosso único apoio. Precisamos reconhecer isso”, disse ao Christianity Today.

Publicidade

Ela se queixa e diz que ser nadadora é algo muito egoísta, pois passa muito tempo sozinha. Mesmo gostando da profissão, ela prefere algo que lhe aproxime do povo, fazendo com que ela tenha contato com pessoas diferentes e possa contar e demonstrar a sua fé e esperança em um mundo melhor. #Religião