O caso que causou alvoroço nas redes sociais aconteceu na Nova Zelândia, no último fim de semana. Um homem, identificado como Johny, publicou no Facebook uma foto em que aparece ao lado da filha, diante de um cervo morto. Na imagem, é possível ver uma arma indicando se tratar de uma caçada feita pelos dois. Já era medonha a cena do animal morto, como se não bastasse, a criança, identificada como Chloe, aparece mordendo o coração do bicho. Ainda que faça parte da cultura do povo neozelandês, o que não se pode precisar, a foto foi capaz de chocar quem viu a publicação. A menina, que é filha do suposto caçador e tem apenas oito anos, já foi iniciada na arte da caça.

Publicidade
Publicidade

As fotos foram colocadas em um site que fala sobre mulheres que dominam a ação de caçar na Nova Zelândia.

Na descrição das imagens, o homem diz ter orgulho da filha em sua primeira caçada, e incentiva o fato de ela ter ajudado a matar o animal. Ele diz ainda que sua princesinha vestida de rosa teria sido capaz de dominar a investida contra o jovem cervo macho. O evento aconteceu na fazendo de um amigo de Johny, na última semana. Segundo é narrado na legenda da foto postada, ele diz que a menina teria usado o ombro dele de apoio para alinhar a arma de 7mm-08 e que a criança estava a cerca de quarenta metros do animal. Logo depois, o homem teria arrancado o coração do bicho e, enquanto o órgão ainda estava palpitando, ela o pegou nas mãos que ficaram cheias de sangue e tirou a foto supostamente o ‘comendo’.

Publicidade

 

As pessoas não responderam bem às imagens, a repercussão foi bastante desastrosa na Nova Zelâdia. Tanto é que a página NZ Woman Hunters, onde as fotos foram originalmente veiculadas, retirou do ar a postagem minutos depois dos comentários violentos dos internautas. Os usuários das redes sociais também se mobilizaram para fazer com que os comentários contrários à ação fossem suficientes para que a postagem fosse retirada. Ficaram todos muito escandalizados, não só com a exposição da criança, mas com situação em que ela foi colocada. Alguns disseram que os caçadores, hoje em dia, estão levando o hábito de pegar animais ao limite do absurdo, outros que a imagem era perturbadora. No entanto, muitos internautas amantes da arte da caça apoiaram o homem. A atitude foi vista de maneira ambígua por muitos caçadores profissionais que se manifestaram dizendo que a caça esportiva não tem nada a ver com essa exposição excessiva, e que se deve, em primeiro lugar, respeitar os animais que serão mortos. #Bizarrices #Internet