O incidente foi registrado na última sexta-feira (19) e confirmado no domingo (21) pela empresa SriLankan Airlines. De acordo com informações, o comandante da aeronave, demonstrava claros sinais de embriaguez diante de sua tripulação minutos antes da decolagem. Mesmo assim ele tentou conduzir voo que iria de Frankfurt, na Alemanha, para Colombo no Sri Lanka. Na ocasião o copiloto e demais membros da tripulação conseguiram impedi-lo de voar evitando uma possível tragédia.

Ainda de acordo com informações, na hora da decolagem, o avião estava ocupado por 260 passageiros, além da tripulação. O voo precisou ser adiado para o dia seguinte.

Publicidade
Publicidade

Com o incidente, a companhia se viu obrigada a acomodar as dezenas de passageiros em hotéis da região. Em nota divulgada a imprensa, a companhia desculpou-se pelo ocorrido e afirma que irá indenizar seus passageiros. Além disso já determinou a suspensão do piloto por tempo indeterminado.

Piloto é contido após ameaçar derrubar aeronave se a mulher o deixasse

Em março, um piloto da Itália havia sido contido pela polícia italiana, depois de afirmar que iria derrubar a aeronave no voo de Roma para Tóquio. O motivo da ameaça seria a crise em seu casamento, onde sua esposa pretendia separar-se dele. Minutos antes da decolagem, o piloto de 39 anos, havia enviado uma série de mensagens de texto para mulher afirmando iria derrubar de propósito o Airbus 320 com dezenas de passageiros abordo, caso ela o abandonasse.

Publicidade

Ciente da ameaça, a mulher resolveu alertar a Polícia do aeroporto que conseguiu impedir a decolagem. Após o incidente, outro piloto foi remanejado para conduzir o voo. Já o piloto abandonado pela esposa, segue afastado de suas funções e passa por tratamento psiquiátrico para superar tal perda.

Mulher tenta invadir cabine do comandante e voo teve que ser cancelado

No ano passado, passageiros do aeroporto do galeão que haviam embarcado no voo da Delta Airlines do Rio de Janeiro, com destino a Atlanta, nos Estados Unidos, foram surpreendidos por uma passageira com medo que o avião fosse cair. Segundo informações, a mulher queria garantia dos pilotos que a aeronave não apresentava problemas mecânicos minutos antes da decolagem. Pois no mesmo dia, outra aeronave da empresa Delta havia ficado mais de duas horas aguardando o conserto de problemas mecânicos. Após o incidente a empresa decidiu adiar o voo para o dia seguinte. Por meio de uma nota oficial, a Delta Airlines pediu desculpas aos demais passageiros pelo ocorrido. #piloto bêbado #Entretenimento #Curiosidades