Uma nova clínica no Reino Unido pretende garantir tratamento humanizado para mulheres que engravidaram após um #Estupro. Além de oferecer os cuidados médicos inerentes ao pré-natal, a clínica também oferece atendimento psicológico, conselhos e amparo para as vítimas.

Segundo as estatísticas, uma a cada cinco mulheres, na faixa etária de 16 a 59 anos, será vítima de abuso sexual. A agressão é tamanha que muitas não conseguem superar o trauma e desenvolvem doenças psicológicas e psiquiátricas ao longo da vida. Quando o estupro resulta em uma gravidez, os traumas podem ser ainda maiores. Não são raros os casos de gestantes que, ao entrarem em trabalho de parto, começam a desencadear memórias do abuso sexual que sofreram.

Publicidade
Publicidade

Também podem ocorrer alucinações e crises de pânico que colocam em risco a saúde da mãe e do bebê. Muitas vezes a equipe médica é pega de surpresa, pois não conhecem o histórico da gestante, e acabam não sabendo como agir. Na nova clínica essas pacientes são acolhidas por profissionais treinados para esse tipo de situação, o que aumenta as chances do parto transcorrer sem que se torne um novo trauma. Além disso, as chances de rejeição ao bebê e de depressão pós-parto também tendem a diminuir.

Um tratamento diferenciado

A clínica está aberta para atender qualquer mulher que tenha sido vítima de estupro e esteja grávida, mesmo que o abuso tenha ocorrido muito antes da gestação. Ao chegarem à clínica, as mulheres não são forçadas a falarem sobre o estupro, pois os profissionais estão ali apenas para ampará-las.

Publicidade

Além disso, eles já estão conscientes de que aquela gestante sofreu um abuso em algum momento de sua vida.

O ambiente é acolhedor. As gestantes têm liberdade de escolher falar ou não com conselheiros, psicólogos e voluntários. Assim, aos poucos, ao mesmo tempo em que cuidam da gravidez, elas vão cuidando de si mesmas. O objetivo é garantir que a futura mamãe tenha a estrutura que precisa e merece para passar por um dos momentos mais importantes de suas vidas: gerar e dar a luz a um bebê. #Maternidade