Há décadas, teóricos da conspiração afirmam a existência de um avião militar ultrassecreto, cujo formato e tecnologia teriam sido copiados de naves extraterrestres recuperadas pelo governo norte-americano. Chamado de TR-3B, o emblemático avião teria sido desenvolvido por meio de engenharia reversa. A técnica consiste em construir aeronaves a partir de tecnologia alienígena detectada no interior das espaçonaves recuperadas.

Embora os Estados Unidos neguem a existência do polêmico TR-3B, diversas filmagens do objeto foram expostas no decorrer dos anos. Dessa vez, ele foi observado sobre a região Norte de Londres (Inglaterra).

Publicidade
Publicidade

Conforme o jornal inglês Express desta segunda-feira (15), o evento teria acontecido em fevereiro. Porém, só foi divulgado recentemente no Youtube e pela #Mídia internacional.

Apesar do TR-3B não ser reconhecido oficialmente, conspirólogos afirmam que ele faz parte dos ‘projetos negros’. Esses projetos, na concepção dos ‘estudiosos’, são elaborados em bases militares ultrassecretas, como a Área 51, situada no deserto de Nevada, por exemplo.  Contudo, pesquisadores não entram em consenso sobre a origem da espaçonave. Alguns acreditam que ela seja uma nave alienígena pilotada por extraterrestres.

No entanto, para o ufólogo mais popular da #Internet, Scott C. Waring, o vídeo evidencia uma aparição genuína da misteriosa aeronave. Ele acentua o fato dos militares testarem seus projetos mais ‘inusitados’ em outros países, com objetivo de não atrair atenção em território americano.

Publicidade

"Os militares dos EUA colocam 98% dos seus principais voos de testes secretos fora dos EUA, de modo que ninguém vai saber quem os criou”, avalia.

Waring baseia a sua afirmativa no fato dos Estados Unidos, nas décadas de 80-90, testarem uma espaçonave secreta sobre a Inglaterra. Segundo o ufólogo, as naves desenvolvidas naquelas décadas pertenciam a um programa intitulado Projeto Aurora. Até hoje, o governo nega a realidade desse programa.

Suposições

De acordo com o responsável pela gravação (nome não revelado) - bacharel em Ciências Aeronáuticas e Aeroespaciais -, o objeto é diferente de qualquer aeronave que ele tenha conhecido. "Eu tenho um diploma de bacharel em ciências aeronáuticas e aeroespaciais que naturalmente incluiria uma grande dose de estudo de fenômenos meteorológicos incomuns, e isso é diferente de tudo que eu já tenha visto ou lido sobre”, argumenta.

A testemunha revela ter pesquisado sobre a passagem da Estação Espacial Internacional (ISS) sobre a Inglaterra, na data do avistamento. "Bem, nós fizemos um pouco de pesquisa sobre isso e de acordo com os sites de astronomia que nos referimos, não houve passes visíveis da ISS quando este filme foi feito”, acrescenta.

Até o momento, autoridades não comentaram o assunto.

#Curiosidades