Embora a Agência Espacial Americana (NASA) enfatize que a lua (nosso satélite natural) seja um astro inóspito, com poucas condições de habitabilidade, frequentemente objetos voadores não identificados (ovnis/#UFOs) são captados próximos ao satélite.

Na semana passada, por exemplo, em 10 de agosto, um objeto esférico de cor escura foi gravado por um astrônomo amador. Ele disponibilizou as imagens no Youtube, e elas foram expostas na mídia internacional.

Agora, de acordo com informações do jornal inglês Express, edição de quinta-feira (18), uma frota de supostas naves espaciais foi flagrada sobre a Lua, em 15 de agosto. O astrônomo amador responsável pelo vídeo, identificado apenas pelo apelido de ‘sv4dinos’, publicou o episódio em seu canal no Youtube, com o Título ‘UFOs sobre a Lua’.

Publicidade
Publicidade

Para Scott C. Waring, um dos mais conhecidos pesquisadores de UFOs, as imagens mostram vários ovnis entrando no nosso satélite natural. “Esta pessoa pegou um monte deles”, comenta.

Waring acrescenta ser possível captar imagens próximas da lua, por meio de câmeras filmadoras que tenham zoom digital e óptico. Segundo ele, elas podem ser melhoradas por programas de computador. “De modo combinado, você pode obter uma grande foto da lua com zoom total de 50 vezes ou melhor”, fala.

Apesar dos objetos voadores não identificados serem apenas isso, não identificados, podendo se tratar de lixo espacial, satélites ou aeronaves experimentais, para o ufólogo essas estruturas são guiadas por entidades inteligentes.

Ele afirma que objetos anômalos em torno do satélite podem ser testemunhados com frequência.

Publicidade

"Eu posso gravar [ovnis] quase todas as noites se eu tiver tempo, tal como fiz no passado há alguns anos. Esses UFOs são vistos cerca de um a cada dois minutos", declara.

Ainda que o registro das pretensas naves espaciais em tono da lua cause comoção entre os ‘caçadores de extraterrestres’, céticos explicam que ao explorar toda a capacidade do zoom de uma filmadora, em pontos brilhantes, a luz pode sofrer refração e causar um fenômeno óptico semelhante ao exibido no vídeo.

Se há seres de outras galáxias na lua, ainda não sabemos. Porém, já foi provado pela NASA a existência de água congelada no astro. E todos sabemos que onde há água, pode haver vida.

 

#Entretenimento #Curiosidades