Um forte tremor de terra atingiu uma região montanhosa no centro da #Itália, na madrugada desta quarta-feira (24). O #Terremoto que atingiu 6,2 graus de magnitude, deixou um rastro de destruição e até o momento foram contabilizadas 247 mortes.

Autoridades locais afirmam que ainda existem centenas de desaparecidos e que aproximadamente 350 feridos já foram resgatados e socorridos.

Segundo o portal de notícias do jornal Estado de Minas, as equipes de resgate trabalham incessantemente buscando possíveis sobreviventes em meio aos destroços. Entre as vítimas fatais estão dezenas de crianças.

O Terremo devastou as cidades Amatrice, Accumoli e Arquata del Tronto

Estas três cidades foram praticamente destruídas pelo terremoto, poucas construções permaneceram de pé, parece que os vilarejos foram duramente bombardeados.

Publicidade
Publicidade

Dezenas de bombeiros e voluntários continuam buscando sobreviventes. Famílias inteiras estão desaparecidas, provavelmente enterradas vivas.

Novo terremoto leva pânico as pessoas nas regiões atingidas anteriormente

A defesa civil italiana confirmou que aconteceu um novo terremoto de 4,3 graus de magnitude na regão central da Itália nesta quinta-feira (25). O novo tremor de terra deixou as equipes de resgates e sobreviventes em pânico. Não foi registrada nenhuma vítima fatal por causa deste novo tremor. Foram confirmados 247 mortos pela defesa civil italiana e o número de vítimas fatais deve aumentar.

Equipes de socorro correm contra o tempo

Bombeiros, policiais e voluntários trabalham em meio aos escombros, por mais de 24 horas. Todos sabem que para encontrar sobreviventes, eles precisam correr contra o tempo.

Publicidade

As equipes contam com a ajuda de cães farejadores e usam o celular para tentar encontrar as pessoas em meio a toneladas de entulhos.

Mais de 4,3 mil pessoas trabalham nas buscas, escadeiras são usadas onde se concentram grandes quantidades de entulho, porém na maior parte do tempo, os destroços são retirados com as mãos. 

As equipes de resgate pede silêncio várias vezes seguidas, tentando ouvir gritos, ruídos ou qualquer outro tipo de pedido de socorro.

Em 10 segundos o terremoto causou muita destruição

O prefeito da pequena localidade de Accumoli, Sergio Pirozzi, informou que o povoado foi devastado. De acordo com ele muitos turistas estavam no local, os hotéis estavam lotados por causa de um festival gastronômico que acontecia na região.

Um morador de Amatrice, revelou ao jornal La Republica que bastaram 10 segundos para que tudo fosse completamente destruído. #Tragédia