Repercutiu em todo mundo nesta quinta-feira, 08, a morte de uma das mais belas combatentes contra o Estado Islâmico, a jovem curda Asia Ramazan Anta, que ficou conhecida como "Angelina Jolie do Curdistão". De acordo com informações do jornal 'O Globo', Asia teria sido cruelmente assassinada nesta quarta-feira, 07. Ela se juntos aos grupos de batalha contra os terroristas que dão medo na Europa ainda no ano de 2014. A jovem estava batalhando contra o Estado Islâmico justamente na terra onde ele é mais forte, a Síria. 'Angelina Jolie' estava no Norte do país quando foi assassinada. O  falecimento da bela noticiado pela página "We want Freedom for Kurdistan" ("Nós queremos liberdade para o Curdistão", em português) através de uma rede social. 

O que se sabe até agora é que soldado faleceu em uma das batalhas no Norte do país, quando lutava contra o Exército jihadista.

Publicidade
Publicidade

Não é a primeira vez que a "Angelina Jolie do Curdistão" participava desse tipo de batalha. Segundo informações do Curdistão, Asia já esteve em combates fundamentais, que tiveram como principal objetivo é a reconquista do território sírio. Muito desse território já foi retirado das mãos dos terroristas.

Por isso, analistas explicam que o Estado Islâmico tem diminuído nos últimos anos. A ofensiva agora do grupo é pautada principalmente na comunicação pela internet, atingindo os chamados lobos solitários, que atacam com o próprio dinheiro o próprio país. Esse tipo de terror é mais difícil de se controlar, já que muitas vezes o contato entre o grupo EI e o "lobo" é praticamente nulo. 

A coisa está tão grave na Síria que hoje 20% de muitos grupos já são formados por mulheres, como era o de  Asia.

Publicidade

A "Angelina Jolie" curda fazia parte das Unidades de Proteção da Mulher. Esse grupo foi até à Síria com cinquenta mil soldados. Desses, 40 mil são homens e 10 mil são mulheres. A morte da bela gerou comoção no Exército, que disse que irá se vingar. Asia tinha vinte anos e ganhou o apelido com o mesmo nome da atriz americana por conta de sua aparência com ela.  #Crime #Investigação Criminal