Uma ponte de vidro com mais de 430 metros de comprimento foi recentemente inaugurada na #China. A extensão da ponte promete ligar dois penhascos de quase 300 metros em um parque natural do país, chamado Zhangjiajie.

A extensão da ponte possui capacidade para 800 visitantes atravessarem por ela ao mesmo tempo, além disso, todos poderão circular abertamente no local, tanto na ponte como também pelas imediações do parque. Foi a partir do dia 20 de agosto, penúltimo sábado do mês, que todos os chineses ficaram sabendo da mais nova e alta ponte de vidro do #Mundo.

Para quem não sabe, os penhascos que ligam a extensão da ponte serviu de inspiração para o filme Avatar, quem assistiu o filme deve se lembrar daquelas enormes montanhas que fizeram parte de grande parte dos cenários das filmagens.

Publicidade
Publicidade

A #Inovação foi projetada pelo renomado arquiteto israelense Haim Dotan, o qual realizou o projeto com 99 painéis, contendo três camadas reforçadas de vidros.

Após ficar pronta e antes mesmo de inaugurá-la, os construtores responsáveis fizeram um teste de resistência nela passando com um caminhão pesando nada mais nada menos que duas toneladas. Teve até gente que bateu nas camadas de vidro com martelos de ferro para testar ainda mais seu nível de segurança. Mesmo sendo segura, só será liberado oito mil pessoas por dia para atravessar a ponte, mas para isso, é preciso comprar ingresso antecipado.

A obra teve um custo total de 22,5 milhões de yuans (se convertido na nossa moeda, daria o equivalente a 10,9 bilhões de reais) e ficou totalmente pronta em cinco meses depois de projetada, só não ficou pronta antes devido ao tempo com fortes chuvas que predominou a região no início deste ano, conforme relatos dos construtores responsáveis.

Publicidade

A ponte poderá se tornar um marco na sociedade chinesa por muitos motivos, um deles seria a atração de turistas e visitantes ao parque de Zhangjiajie, considerado uma das mais belas reservas naturais do país, além de ser também o local onde nasceu o líder comunista Mao Tsé-tung.

O parque de Zhangjiajie possui relevos paradisíacos, misturando a vegetação das florestas subtropicais da região com planícies e penhascos arenosos, que mais tarde vieram servir de inspiração para o diretor de cinema James Cameron no filme Avatar